Pai de Paul Walker processa a Porshe por acidente fatal com o filho

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O pai de Paul Walker, Prado Walker, está processando a Porsche pelo acidente de carro que tirou a vida de seu filho, há dois anos. O ator de “Velozes e Furiosos” morreu tragicamente em Santa Clarita, na Califórnia, nos Estados Unidos, quando seu amigo Roger Rodas perdeu o controle do Carrera GT em que viajavam e bateu em um poste de concreto e duas árvores, antes de pegar fogo.

Segundo o “Daily Mirror” Prado Walker alega que o filho era um um passageiro e equipamentos de segurança poderiam ter salvado a vida dele – como reforços de porta, um sistema controlado para a estabilidade e uma linha de combustível separada para evitar que o carro explodisse após uma colisão.

O pai de Walker está buscando indenização não especificada, uma semana após a Porsche responder a um processo por homicídio culposo de Meadow Walker, filha do ator. Em uma defesa de sete páginas da ação judicial anterior, o fabricante de automóveis afirmou que o ator estava ciente do “risco e perigo” envolvido na condução no carro.

A Porsche contesta, ainda, que o Carrera GT do amigo de Walker foi mal utilizado. No entanto, o advogado de Prado, Jeff Milam, argumenta que “se a Porsche tivesse projetado o carro com os recursos de segurança adequados, Paul teria sobrevivido, ele estaria filmando ‘Velozes e Furiosos 8’”.

Fonte: Extra

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes