Operação para transferência de urso do zoológico de Piracicaba para santuário tem início

Após um acordo firmado entre o Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) e a Prefeitura de Piracicaba (SP), começou nesta sexta-feira (13) uma operação para a transferência do urso-de-óculos do zoológico da cidade para um santuário de animais.

Juco será transferido para a Associação Santuário Ecológico Rancho dos Gnomos (Aserg), organização não-governamental, em Joanópolis (SP). A intenção é proporcionar um local mais adequado para o animal.

“Ele vai ganhar um recinto de dois mil metros quadrados com uma piscina gigantesca, muita ambientação, brinquedos. Vários ambientes: tem a toquinha, tem o quarto para o inverno, tem a contenção. Então, vai parecer que tem muita vegetação, então fica parecendo uma grande brincadeira e ele vai, com certeza, conseguir desempenhar melhor o papel dele, de cavar, de brincar”, detalha Kelly Spitaleti, médica veterinária do santuário.

A profissional explica que Juco é um animal nascido em cativeiro, portanto, não há possibilidade de soltura dele no habitat natural da espécie.

“A ideia do santuário é de que o animal não tenha nenhuma função para nenhum ser humano. Não tenha função de exposição, não tenha função de procriação. No santuário, o animal vai existir por si, pelo indivíduo que ele é”, acrescenta.

O deslocamento será feito em uma carreta da associação apropriada para este tipo de transporte. Ele deve chegar ao local ainda nesta sexta-feira (13), mas solto em todo o espaço no sábado (14), após ambientação.

Juco nasceu no Zoológico Municipal de Socoraba em junho de 2015 — Foto: Edijan Del Santo/ EPTV
Juco nasceu no Zoológico Municipal de Socoraba em junho de 2015 (Foto: Edijan Del Santo/ EPTV)

Muito querido no zoológico de Piracicaba, Juco vai deixar saudades no recinto. “Desde que ele entrou, a galera já adorou o urso. Tem toda uma dieta balanceada, tem a bióloga que faz a dieta dele. Então, tem carne, tem todo um horário regrado. O Juco é bem seletivo na dieta. Tem hora que ele quer comer mais fruta ou quer comer mais carne. Então tem todo um período de tratamento para ele. E tem também a piscininha que ele gosta às vezes de entrar, se molhar, se refrescar”, conta Matheus Ferreira dos Santos, veterinário do Núcleo de Bem Estar Animal de Piracicaba.

“Pensando no Juco, no bem estar, e onde ele vai passar o resto da sua vida, o santuário teve essa proposta de melhoria. Ele está bem, mas ele vai ficar ainda melhor”, completa Matheus.

Entenda o caso do Juco

Segundo o Zoológico de Piracicaba, o urso-de-óculos (Tremarctos ornatus) vive nas florestas tropicais da América do Sul, sendo de forma solitária na melhor parte da vida. A espécie leva o nome por causa da mancha com aspecto de óculos na face.

Juco nasceu no Zoológico Municipal de Socoraba em junho de 2015 e foi transferido para o Zoológico Municipal de Piracicaba em agosto de 2018.

Santuário construiu um recinto especialmente para receber Juco — Foto: Divulgação
Santuário construiu um recinto especialmente para receber Juco (Foto: Divulgação)

A transferência do Juco para Piracicaba aconteceu dentro um plano de manejo para proteger e evitar a extinção da espécie.

Ele foi enviado após começar a ser rejeitado pelo pai quando ainda estava em Sorocaba, situação comum, como explicou o veterinário da unidade na época, quando o urso se torna “adolescente”. “Isso está relacionado ao instinto e para que o animal continue a procriar e não entre em extinção”, explicou Thiago Vilalta.

O plano era que ele ficasse na unidade até que nascesse uma ursa da espécie que não tivesse o mesmo nível de parentesco que ele. O zoológico de Piracicaba seria comunicado e ela seria transferida para a unidade, para que ele se acasalasse com a ursa e, tendo filhotes, contribuiria para a preservação da espécie, já que há poucos ursos-de-óculos na natureza.

Em outubro de 2021, no entanto, a Promotoria apontou problemas no recinto onde ele estava, além de outras adequações necessárias no Zoológico de Piracicaba. Após o TAC com o Ministério Público, foi definido um plano de ação que, entre outras medidas, previa a transferência do urso para um local mais adequado.

Juco foi transferido do Zoo de Sorocaba, no segundo semestre de 2018, para Piracicaba — Foto: Felipe Ferreira/ Prefeitura de Piracicaba
Juco foi transferido do Zoo de Sorocaba, no segundo semestre de 2018, para Piracicaba (Foto: Felipe Ferreira/ Prefeitura de Piracicaba)

O que diz o TAC?

O acordo firmado entre prefeitura e Ministério Público prevê algumas melhorias estruturais no zoológico da cidade. As adequações foram definidas junto ao Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente do Ministério Público (Gaema) com a ideia de garantir maior bem-estar e segurança aos animais, e também a funcionários e visitantes.

Entre as adequações previstas no acordo estão a reforma das áreas de cambiamento, que são as pequenas salas dentro de cada jaula; a manutenção no espaço dos tigres, iguanas, jabutis e do serpentário; além de medidas que melhorem o manejo dos animais. A transferência do Juco para um local mais adequado também estava no acordo.

O TAC assinado pelo MP e a Prefeitura de Piracicaba estabelece vários prazos para que a administração faça as melhorias que são necessárias, e o Executivo tem até o fim de 2022 para cumprir todos eles.

O acordo prevê multa caso as exigências não sejam cumpridas, além da “possiblidade de ajuizamento de uma execução”. “Nós acreditamos que, em breve, a população possa ter um espaço realmente mais agradável pra visitação pública”, disse a promotora responsável pelo acordo, Alexandra Faccioli Martins, à época da assinatura do termo.

Onde o Juco vai ficar?

Juco será transferido para a Associação Santuário Ecológico Rancho dos Gnomos (Aserg), organização não-governamental, em Joanópolis (SP). O santuário é fechado para visitação pública.

Em seu novo local, o urso ganhará um recinto construído especialmente para ele, com 2 mil metros e diversos ambientes, informou a prefeitura.

Segundo o santuário, o espaço para o animal tem áreas de contenção, cambiamento, tela ao redor e em cima, uma piscina de 200 mil litros, oca, vários decks, plataformas e troncos, além de ser toda gramada.

Fonte: G1