Operação da Polícia Civil desmantela ‘drive-thru do tráfico’ em Lençóis Paulista

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A Polícia Civil de Lençóis Paulista (SP) desencadeou uma operação nesta segunda-feira (15) e desmantelou um ponto de tráfico que funcionava em sistema drive-thru na cidade. Um jovem de 23 anos foi preso preventivamente.

Segundo a Polícia Civil, o ponto ficava em uma rua do bairro Cecap, ao lado da Rodovia Marechal Rondon. A vegetação às margens da pista era um esconderijo para as drogas e a forma como elas eram guardadas separadamente dificultava o trabalho dos policiais.

Ainda de acordo com a polícia, a equipe ia até o local para prender os traficantes, mas sempre encontrava poucos entorpecentes, quantidade insuficiente para ser considerada tráfico.

“Por isso a gente fez essas filmagens, que fica evidente que essa droga era utilizada para venda. Então, de modo que em 30 dias, nós conseguimos dessa maneira, tirar cinco traficantes de circulação e três pontos diferentes de Lençóis Paulista”, explica o delegado Luiz Cláudio Massa.

Ponto no bairro Cecap funcionava como drive-thru do tráfico de Lençóis Paulista — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Ponto no bairro Cecap funcionava como drive-thru do tráfico de Lençóis Paulista (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

O trabalho de inteligência, registrando e analisando as imagens, durou dez dias. Nesta segunda-feira (15), a Polícia Civil desencadeou uma operação para acabar com o ponto e um jovem de 23 anos foi preso.

“Chegamos a ver momentos de ter de 6 a 8 carros parados aguardando a sua vez de pegar droga, no sistema drive-thru, que funcionava muito rápido, a chegada, a entrega, era tudo feito com muita rapidez”, conta o delegado.

Usuários pegavam drogas de carro em ponto de Lençóis Paulista — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Usuários pegavam drogas de carro em ponto de Lençóis Paulista (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Agora, segundo a Polícia Civil, apesar dos resultados da operação, o trabalho de combate ao tráfico de drogas na cidade ainda não terminou.

“Esse mercado do tráfico, enquanto tiver usuário, vai continuar, mas a gente faz nosso trabalho tentando inibir pelo menos esse comércio de entorpecentes. Quem compra droga, embora seja dependente químico, alimenta a violência”, alerta Luiz Cláudio Massa.

Fonte: G1 – Foto: Polícia Civil/Divulgação

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes