Ondas ficam congeladas no sétimo maior lago do mundo; veja

Com uma longitude de mais de 600 quilômetros e uma extensão de 31.500 quilômetros quadrados, o Lago Baikal, na Rússia, é o sétimo maior lago do mundo. No entanto, sua grande profundidade, que em alguns pontos supera os 1600 metros, o transforma em uma das maiores reservas aquíferas que existem, armazenando quase 20% da água doce não congelada de todo o planeta.

Sua localização, na gélida província siberiana de Irkutsk, permite que em algumas épocas do ano o frio consiga fazer algo realmente incrível: congelar as ondas que se rompem contra a costa. No vídeo gravado pelo canal de viagens e entretenimento Vinfriends Vin, no YouTube, podemos ouvir a crepitação da água ao congelar.

Se alguma vez você já se perguntou se é possível que uma onda congele, a resposta parece ser afirmativa, pelo menos nesta região do Lago Baikal.

https://youtu.be/y1Rz4J2jWLk

A água congelada vai formando uma barreira de gelo que se estende em alguns pontos da costa, e o que é ainda mais surpreendente: as novas ondas que se chocam contra esta barreira se transformam instantaneamente em gelo ao entrarem em contato com o ar frio.

Estas ondas geladas não são o único curioso fenômeno natural que ocorre no Lago Baikal. Em 2009 os astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional fotografaram um estranho círculo azul na superfície congelada do lago durante o inverno.

A explicação científica para esta formação circular nos leva ao fenômeno da convecção, a partir do qual a água mais quente e menos densa ascende até a superfície. Ao entrar em contato com o ar e as camadas mais frias ela volta a congelar, formando estes círculos azuis.

Fonte: Yahoo!

Scroll Up