Obras de implantação de sistema de esgotamento sanitário avançam na região do Rio Bonito e Mina

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A Sabesp está investindo cerca de R$ 5 milhões na implantação do sistema de esgotos sanitários nos bairros Rio Bonito e Mina. O empreendimento, que compreende uma estação de tratamento de esgotos e quatro unidades bombeadoras, está sendo realizado em várias frentes de trabalho. Os serviços incluem, ainda, o assentamento, com mão de obra própria da Sabesp, de mais de 30 quilômetros de redes coletoras e linhas de recalque. As obras estão em fase avançada, com cerca de 50% dos trabalhos já executados, e devem ser finalizadas em março de 2016.
O novo sistema, com capacidade para tratar 12 litros por segundo de esgotos, vai atender cerca de 1.500 imóveis existentes nestes dois bairros, além de mais 37 residências do loteamento Vivendas Belas Vista que também passarão a ser atendidas pela Sabesp, com rede de água, coleta e tratamento de esgotos. Além de beneficiar a população, o empreendimento, realizado em parceria com a Prefeitura de Botucatu, também contribuirá diretamente para a despoluição do rio Tietê.
Para o superintendente regional da Sabesp, Mário Eduardo Pardini Affonseca, o compromisso de universalizar o atendimento nos municípios é um dos mais nobres e desafiadores que uma companhia de saneamento pode ter. “A Sabesp tem o privilégio de, em cada uma de suas obras, das pequenas às grandes, colaborar para que as pessoas vivam melhor, para que o meio ambiente seja mais saudável e para que a sociedade seja economicamente mais desenvolvida”, disse o superintendente.
Pardini ressaltou também a importância da parceria da Prefeitura com a Sabesp para viabilizar a implantação dessas obras fundamentais para a população daquela região que desponta pelo grande potencial turístico.
O prefeito João Cury Neto afirma que os grandes investimentos que o município tem realizado em parceria com a Sabesp demonstram que em seu governo o saneamento básico é encarado como prioridade. O chefe do Executivo classifica como “inconcebível” o fato de ainda haver centenas de famílias na região do Rio Bonito que são obrigadas a recorrer às fossas.
“É enganar o povo falar em potencial turístico em uma área que nem esgotamento sanitário tem. Quem vai investir, por exemplo, na construção de um hotel, em uma área onde nem esgoto existe? Primeiro precisamos fazer o básico. Quero agradecer a Sabesp que entendeu que precisávamos antecipar esse investimento que constava no contrato de programa. Essa obra melhora a qualidade de vida da população local. As crianças hoje ficam expostas à doença porque brincam com o esgoto correndo a céu aberto. Essa é uma obra estruturante, aguardada há mais de vinte anos, que vai transformar esse local e a vida das pessoas”.
O sistema de esgotamento sanitário que está em construção deverá atender o crescimento vegetativo da região previsto para os próximos 25 anos. O prefeito destaca ainda que a obra contribuirá com o complexo processo de despoluição do Rio Tietê. “Também temos a preocupação de garantir aos usuários do rio uma água de qualidade. Vamos contribuir para melhorar a qualidade do Rio Tietê no trecho que passa por aqui, diminuindo consideravelmente o número de agentes poluidores dentro do rio por conta do esgotamento sanitário. Estamos executando uma obra de grande apelo ambiental, turístico e de saúde pública”, conclui.
A educadora Mara Destro é proprietária de um rancho no Rio Bonito há 23 anos. Há nove meses ela reside no local e trabalha na comunidade Nossa Senhora dos Navegantes. Segundo ela, os investimentos que a administração realiza atualmente tem transformado a região. “Os moradores se viam abandonados aqui. A partir da reunião que fizemos com o prefeito as melhorias começaram a acontecer. O povo começou a se animar e a ter esperança de que esse lugar será um dia um pólo turístico. Trata-se de uma terra linda e o povo está muito animado com tudo que a Prefeitura e agora a Sabesp estão fazendo aqui. Isso envolve limpeza das ruas, instalação de câmeras de segurança, computadores e violões para dar aula para crianças. Esse movimento é muito importante e atrai melhorias. A parte do saneamento básico é primordial para que o turismo seja realizado com êxito. Em nome de toda população posso garantir que estamos muito satisfeitos com tudo o que está sendo realizado”.

Fonte: Prefeitura Municipal de Botucatu

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes