20 de maio, 2024

Últimas:

Novorizontino vence o Santos na Vila Belmiro

Anúncios

Na tarde deste domingo (18), o Santos recebeu o Novorizontino, na Vila Belmiro, pela nona rodada do Campeonato Paulista, e perdeu por 2 a 1. Futuro reforço do Palmeiras, o meia Rômulo foi autor de uma assistência — para Neto Pessoa — e um gol. Diego Pituca descontou para os donos da casa.

Assim, o Peixe tem invencibilidade de cinco jogos encerrada e sofre o segundo revés no Estadual. Já classificado às quartas de final, entretanto, o clube segue na liderança do Grupo A, com 19 pontos.

Anúncios

Por sua vez, o Tigre volta a triunfar na competição e, além disso, ultrapassa o São Paulo na classificação. Com isso, assume a liderança do Grupo D, com 15 unidades somadas — uma a mais que o Tricolor, que tem um compromisso a menos.

Na próxima rodada, portanto, o Santos enfrenta o São Bernardo, às 11 horas (de Brasília) de domingo (25), no Moumbis. No sábado, o Novorizontino encara o Água Santa, a partir das 16 horas, no Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP).

Anúncios

Com forte apoio do seu torcedor, o Santos chegou com perigo aos seis minutos do primeiro tempo. Após cobrança de lateral, Morelos ganhou do defensor e mandou para o meio da área, onde estava João Schmidt, que tentou de primeira, mas pegou fraco na bola.

A resposta do Novorizontino aconteceu sete minutos mais tarde. Waguininho recebeu de Renato Palm no meio, ganhou a dividida com Joaquim, e a bola chegou até Rômulo. O camisa 10 deu bom passe para Neto Pessoa, que dominou, invadiu a área e chutou forte para abrir o placar na Vila Belmiro.

Ainda na etapa inicial, o Tigre levou perigo aos 32 minutos. Rômulo recebeu no meio e encontrou bom passe para Waguininho, que tocou na saída de João Paulo, mas acertou a trave. Aos 39, Rômulo recebeu lançamento de Chico, ganhou de Joaquim e chutou com força para ampliar a vantagem dos visitantes.

Na busca para diminuir, o Santos chegou com Guilherme, aos 45 minutos, em chute de fora da área, que subiu demais e saiu rente ao travessão. Já o Tigre quase anotou o terceiro aos 49, em cruzamento de Willean Lepo desviado por Waguininho e finalizado por Rafael Donato, na pequena área, mas pela linha de fundo.

Na volta do intervalo, os visitantes continuaram melhor no jogo e criaram as primeiras chances. Aos dois minutos, Rômulo recebeu na intermediária e arriscou da entrada da área, mas parou em defesa de João Paulo. Aos quatro, o camisa 10 recebeu belo lançamento de Jordi e saiu cara a cara com o goleiro do Peixe, que novamente fez a defesa.

Já aos 15, Guilherme acionou Julio Furch dentro da área. O centroavante girou em cima da marcação, mas foi travado por Jordi no momento da finalização. Nove minutos mais tarde, foi a vez de Pedrinho levar perigo. O atacante ficou com a bola na ponta esquerda, levou para o meio e arriscou, mas para fora, com desvio.

A pressão do Santos surtiu efeito aos 26 minutos do segundo tempo. Após troca de passes pela direita, Hayner fez cruzamento certeiro para Diego Pituca, que apareceu como elemento surpresa na área e testou para descontar.

Aos 34, o capitão santista levantou a torcida outra vez em chute colocado de fora da área que tocou na rede pelo lado de fora. Por fim, no minuto 46, Furch ajeitou para Nonato, que mandou na trave.

SANTOS 1 X 2 NOVORIZONTINO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 18 de fevereiro, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: João Vitor Gobi
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira e Italo Magno de Paula Andrade
VAR: Thiago Duarte Peixoto
Cartões amarelos: Waguininho, Rafael Donato, Chico, Danilo Barcelos (Novorizontino); Hayner (Santos)

Gols:
SANTOS: Diego Pituca (26′ do 2ºT)
NOVORIZONTINO: Neto Pessoa (13′ do 1ºT), Rômulo (39′ do 1ºT)

Santos: João Paulo; Aderlan (Hayner), Gil, Joaquim e Felipe Jonatan (Nonato); João Schmidt, Diego Pituca, Otero (Pedrinho) e Guilherme; Willian Bigode (Marcelinho) e Morelos (Julio Furch)
Técnico: Fábio Carille

Novorizontino: Jordi; Rafael Donato, Renato Palm e Chico; Willean Lepo (Raul Prata), Willian Farias, Marlon (Reverson), Rômulo (Paulo Vitor) e Danilo Barcelos; Waguininho (João Afonso) e Neto Pessoa (Jenison)
Técnico: Eduardo Baptista

Fonte: FPF – Foto: Fernanda Luz/Agência Paulistão

Talvez te interesse

Últimas

Crescimento do setor impulsiona seguradoras a inovarem para oferecer melhores benefícios e mais comodidades aos viajantes...

Categorias