01 março, 2024

Últimas:

Noiva morre atropelada por motorista bêbado logo após a cerimônia de casamento, nos EUA

Anúncios

Um veículo em alta velocidade atropelou um casal de noivos que deixava a recepção do casamento em um carrinho de golfe na Carolina do Sul (EUA), na sexta-feira (28/04). Samantha Miller, de 34 anos, morreu na hora, e Aric Hutchinson, de 36 anos, está gravemente ferido, de acordo com uma página do GoFundMe criada pela mãe dele.

Samantha Miller e Aric Hutchinson foram atropelados após a cerimônia de casamento (Foto: Reprodução)

O dia que deveria ser um dos mais felizes da vida do casal terminou em tragédia após um homem embriagado atingi-los, quando dirigia um Toyota alugado a 105 km/h, segundo a polícia local. A velocidade máxima permitida na região é 40 km/h.

Anúncios

A força da batida fez com que o carrinho de golfe capotasse por mais de cem metros, o que provocou a morte de Samanta. Já Hutchinson permanece em estado crítico no hospital. Ele foi operado e está prestes a passar por outra cirurgia, por conta de vários ossos quebrados e uma lesão cerebral.

O noivo passou por uma cirurgia de reconstrução, teve vários ossos quebrados e uma lesão cerebral (Foto: Reprodução)

“Recebi a aliança de casamento de Aric em um saco plástico no hospital, cinco horas depois de Sam [a noiva] colocá-la em seu dedo e eles lerem seus votos um para o outro. Aric perdeu o amor de sua vida”, disse Anette Hutchinson, mãe do noivo.

Anúncios

Outros dois parentes que estavam com os noivos no momento da batida ficaram feridos.

Em entrevista ao jornal britânico “Daily Mail”, o diretor do Departamento de Segurança Pública de Folly Beach, Andrew Gilreath, confirmou que o carrinho de golfe tinha autorização para trafegar à noite. O modelo pode transportar seis pessoas e tem velocidade máxima de 40km/h.

A motorista que provocou o acidente permanece sob custódia em centro de detenção. Jamie Komoroski deve ser julgada em junho.

Ela pode ser condenada a até 25 anos de prisão pela morte de Samanta e a pagar uma multa equivalente a até R$ 125 mil.

Além disso, existe a possibilidade da pena ser acrescida em mais 15 anos e uma multa de R$ 50 mil pode ser cobrada pelos ferimentos graves causados nos acompanhantes que estavam no carrinho de golfe com os noivos.

Fonte: Extra

Últimas

Líderes do mercado de bem-estar unem forças: The DRIPBaR reforçado pela REVIV

01/03/2024

Anúncios The DRIPBaR, reconhecida como a franquia de terapia intravenosa de crescimento mais rápido nos Estados...

Categorias