Nepalense escala o Everest pela 26ª vez e estabelece recorde

Um guia do Nepal estabeleceu um novo recorde ao escalar o Monte Everest pela 26ª vez, disse um dirigente de governo do país no domingo (8).

Kami Rita Sherpa, o guia, tem 52 anos. O recorde anterior, de 25 vezes, era dele mesmo.

O Everest tem uma altura de 8,85 mil metros.

O nepalense escalou a montanha pelo sudeste, em uma coluna com outras 10 pessoas.

A esposa dele afirmou que estava contente com o recorde.

O Monte Everest, o pico mais alto do mundo, e outros picos da cordilheira do Himalaia são vistos através de uma janela de uma aeronave durante um voo de montanha em Katmandu, no Nepal, em janeiro de 2020 — Foto: Monika Deupala/Reuters/Arquivo
Monte Everest, o pico mais alto do mundo, e outros picos da cordilheira do Himalaia são vistos através de uma janela de uma aeronave durante um voo de montanha em Katmandu, no Nepal (Foto: Reprodução)

A rota que ele usou para escalar foi descoberta pelo neo-zelandês Edmundo Hillary em 1953. Hoje, essa é a via mais comum para se chegar ao topo do Everest.

Neste ano, o Nepal emitiu 316 autorizações para escaladas no auge da temporada, que ocorre até o fim de maio.

No ano passado, haviam sido 408 autorizações, um recorde.

Em 2019, alguns dos alpinistas morreram no alto da montanha por causa do trânsito de pessoas que queriam chegar ao topo. Na época, criticou-se o governo por emitir muitas licenças.

A economia do Nepal depende do dinheiro das licenças para escalar o Everest.

Fonte: Yahoo!