Sudão tem cerca de 2 milhões de crianças subnutridas todos os anos

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Cerca de 2 milhões de crianças do Sudão com menos de cinco anos sofrem de desnutrição todos os anos, disse hoje (22) um representante da Unicef, que apelou à comunidade internacional para aumentar o financiamento para combater o problema.

Segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), desse total de crianças subnutridas, cerca de 550 mil tem desnutrição aguda grave com risco de vida e a maioria reside na região do Darfur. 

“Cerca de 38% das crianças menores de cinco anos de idade sofre de destruição crônica em todo o Sudão”, disse o representante da agência para a infância das Nações Unidas para o Sudão, Geert Cappelaere. 

Segundo o representante, no Sudão cerca de 2 milhões de crianças menores de cinco anos são sofrem por desnutrição crônica, das quais 550 mil têm desnutrição aguda grave.

“É incrível o grande o número de crianças subnutridas no Sudão”, disse,  acrescentando que as regiões mais afetadas são o Leste do Sudão, uma das zonas mais pobre do país, e o Darfur onde os conflitos étnicos que duram desde 2003 provocaram milhares de desalojados e mais de 300 mil mortos.

As altas taxas de subnutrição entre as crianças estão associadas ao fato de as mães interromperem a amamentação muito cedo e os filhos terem diarreias.

A Unicef trata anualmente no Sudão cerca de 150 mil crianças severamente subnutridas.

O representante da Unicef apelou ao governo e à comunidade internacional para que contribuam com mais fundos, afirmando que são necessários muitos milhões de dólares para reduzir os níveis de desnutrição infantil.

Fonte: Agência Brasil

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes