Ponte da geleira Perito Moreno caiu na Patagônia argentina

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O impactante fenômeno de ruptura de uma ponte ou arco natural da geleira Perito Moreno, na Patagônia argentina, ocorreu sem testemunhas à meia-noite de domingo, informaram nesta segunda-feira (12) autoridades ambientais.

A ponte de gelo se partiu e desabou em meio a um temporal, razão pela qual milhares de turistas perderam o espetáculo que muitos ansiavam presenciar.

A notícia foi confirmada pelo Parque Nacional os Glaciares, 2.000 Km a sudoeste de Buenos Aires, fechado no momento do desabamento.

O rompimento “sempre é espetacular e o que ocorre é que desta vez se acumulou mais água nas últimas três ou quatro ocasiões”, antecipou Luciano Bernacchi, diretor do Glaciarium, um Museu do Gelo fundado há sete anos, em declarações ao canal de notícias TN.

O especialista informou que o rompimento é um fenômeno natural da geleira, que está em equilíbrio ao manter suas dimensões, diferentemente de outras que vão perdendo superfície gelada.

Um dique natural de gelo se forma e interrompe a passagem da água do braço Rico ao Lago Argentino, através do canal de Los Témpanos.

A água erode a geleira e o processo culmina quando o arco ou ponte de gelo desaba e cai sobre o canal de Los Témpanos.

Passaram- se 16 anos sem que o fenômeno ocorresse. Desde 2004, ocorre a cada dois ou quatro anos. A geleira Perito Moreno é Patrimônio da Humanidade declarado pela Unesco. Sua ruptura ocorre às vésperas do outono no hemisfério sul.

 

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes