Papa canoniza nos EUA frei acusado de maltratar norte-americanos nativos

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

No último compromisso do dia em Washington, o Papa Francisco celebrou hoje (22) a missa de canonização do frei Junípero Serra, um missionário espanhol que evangelizou norte-americanos nativos no México e na Costa Oeste dos Estados Unidos, no século 18.

Na missa de canonização, a primeira celebrada pelo papa Francisco para os norte-americanos, o pontífice afirmou que frei Junípero Serra tentou defender a dignidade dos povos nativos, protegendo as pessoas de abusos que existiam e que ainda existem hoje em dia.

O anúncio de que o franciscano se tornaria santo virou um tema controverso. Grupos de defesa de norte-americanos nativos acusam o frei de castigar e prender os povos locais e também de impedi-los de praticar suas culturas.

Antes mesmo da chegada do papa, ativistas protestaram na Califórnia contra a decisão da igreja. Na chegada à Basílica do Santuário Nacional da Imaculada Conceição, em Washington, houve festa durante a passagem do papa, mas também estava lá um grupo pequeno de manifestantes contrários à presença dele.

Nesta quinta-feira (24), o papa Francisco fará um discurso no Congresso dos Estados Unidos. À noite, ele embarcará para Nova York para compromisso na sede da ONU.

Fonte: Agência Brasil

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes