Países europeus do Conselho da ONU criticam EUA por aprovação de assentamentos em Israel

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Os membros europeus do Conselho de Segurança da ONU criticaram nesta quarta-feira a decisão dos Estados Unidos de não considerar mais ilegais os assentamentos israelenses, mas não nomearam o país governado por Donald Trump.

“Nossa posição sobre a política de assentamento israelense no território palestino ocupado, incluindo Jerusalém Oriental, é clara e permanece sem mudanças”, disseram Grã-Bretanha, França, Alemanha, Bélgica e Polônia em um comunicado conjunto.

“Toda atividade de assentamento é ilegal sob a normativa internacional e mina a viabilidade de uma solução de dois Estados e as perspectivas de uma paz duradoura”, afirmaram.

“Fazemos um chamado a Israel para que encerre toda atividade de assentamentos em linha com suas obrigações como potência ocupante”, acrescentaram, antes de uma reunião do Conselho de Segurança sobre o Oriente Médio.

Na segunda-feira, o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, anunciou que os assentamentos israelenses “não eram, em si, incompatíveis com o direito internacional”, rompendo com as resoluções do Conselho de Segurança da ONU que declaram que os assentamentos são ilegais.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes