Naufrágio na Itália deixa 13 mulheres mortas e mais de dez desaparecidos

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Ao menos 13 mulheres morreram e mais de dez pessoas estão desaparecidas após o naufrágio de um barco lotado com imigrantes próximo à ilha de Lampedusa, no Mediterrâneo, informou nesta segunda-feira a Guarda Costeira da Itália.

Segundo a Guarda Costeira italiana, passava pouco da meia-noite quando recebeu uma ligação de uma embarcação com quase 50 migrantes a bordo que estava afundando perto de Lampedusa. Vinte duas pessoas foram resgatadas, 13 homens e nove mulheres.

De acordo com o comunicado da Guarda Costeira, no momento em que as equipes de resgate se aproximavam o barco virou em “consequência das difíceis condições meteorológicas e de um movimento de pânico dos migrantes”. A busca por mais sobreviventes continua.

Algumas das mulheres mortas estavam grávidas, e ao menos oito crianças estão entre os desaparecidos.

— O barco não tinha condições de fazer a travessia — disse Salvatore Vella, magistrado italiano responsável por investigar o naufrágio. — É estranho eles terem se lançado ao mar com o tempo tão ruim.

Com a crise dos refugiados, o Mediterrâneo se transformou na via marítima mais perigosa do mundo. Desde o início do ano, ao menos 1.041 homens, mulheres e crianças morreram na travessia do litoral Norte da África para a Europa.

Fonte: Extra

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes