México concede asilo político a Evo Morales

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O México concedeu hoje (11) asilo político ao ex-presidente da Bolívia Evo Morales. Por meio de sua conta na rede social Twitter, o chanceler mexicano, Marcelo Ebrard, confirmou a informação. O líder boliviano renunciou ao cargo ontem (10) após uma onda de protestos que já durava 21 dias.

“Faremos valer o direito de asilo que o México sempre promoveu e exerceu em diferentes circunstâncias históricas que caracterizam nossa política externa”, destacou nota divulgada pelo governo mexicano. O comunicado cita que o país vai pedir uma reunião urgente com a Organização dos Estados Americanos (OEA) para tratar dos recentes acontecimentos na Bolívia.

Além de Evo, também renunciaram ao cargo o vice-presidente do país, Álvaro García Linera, o presidente da Câmara de Deputados, Víctor Borda, e a presidente do Senado, Adriana Salvatierra. Cabe agora ao Legislativo escolher um novo presidente do Senado, para que possa acatar a renúncia de Morales e dar início ao processo de novas eleições. 

De acordo com a agência Reuters, o governo mexicano pediu ao Ministério das Relações Exteriores boliviano que garantisse a saída segura de Evo Morales do país.

Evo partiu de um aeroporto perto de Cochabamba por volta das 23h (horário de Brasília) desta segunda-feira, informou o jornal “El Deber”. A aeronave do governo mexicano fez uma parada para abastecimento no Peru, que autorizou a entrada do avião no espaço aéreo local.

Em mensagem publicada antes de embarcar, Evo agradeceu ao México “pelo desprendimento do governo desse povo irmão que nós deu asilo para cuidar de nossa vida”.

“Dói abandonar o país por razões políticas, mas estarei sempre atento. Voltarei logo, com mais força e energia”, escreveu.

Fonte: Agência Brasil

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes