Médicos sem Fronteiras é expulsa da Ucrânia por espionagem e tráfico

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

As atividades da ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF) no território da autodenominada República Popular de Donetsk foram proibidas, sob acusação de “espionagem” e “tráfico de drogas” – anunciaram os rebeldes pró-russos do leste da Ucrânia neste domingo.

“A acreditação da MSF foi anulada por causa da participação de seus colaboradores na coleta de informações relativas à defesa e pela prescrição de medicamentos psicotrópicos”, anunciou a agência oficial de notícias separatista, DAN.

As autoridades da autoproclamada república proibiram esta semana as atividades de várias ONG estrangeiras, entre elas a MSF, sem explicar os motivos da decisão.

Segundo a agência de notícias rebelde, a MSF também organizou “treinamentos psicológicos, cujo objetivo é desorientar” a população local.

A AFP ainda não conseguiu contato com a ONG para obter mais informações.

Em setembro passado, a MSF e outras ONGs estrangeiras já haviam sido proibidas de realizar atividades na república vizinha rebelde de Lugansk. Na época, os rebeldes acusaram as organizações de armazenar “ilegalmente medicamentos psicotrópicos”, o que foi negado pela MSF. A instituição francesa alega ser vítima de medidas intimidadoras.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes