Marinha dos EUA confirma autenticidade de vídeos que mostram ‘fenômenos aéreos não identificados’

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A Marinha dos Estados Unidos confirmou à imprensa norte-americana nesta quinta-feira (18) a autenticidade de vídeos que mostram “fenômenos aéreos não identificados”.

As gravações publicadas em dezembro de 2017 e março de 2018 fazem parte de um projeto do músico Tom DeLonge – da banda Blink 182 – em busca de objetos voadores não identificados (conhecido pela sigla óvni) e vida extraterrestre. A Marinha, no entanto, não chegou a falar em óvnis, com essa denominação. 

Apesar da divulgação recente das filmagens, elas foram feitas em 2004 e 2015 captadas por sensores infravermelhos avançados.

No vídeo mais antigo, de 2004, sensores identificam o objeto, que em seguida voa mais rápido do que os dispositivos utilizados para localizá-los.

Os dois outros, de 2015, mostram gravações de áudio de pilotos militares dos Estados Unidos tentando entender que artefato voador seria aquele. Em um primeiro momento, eles acreditam se tratar de um drone.

“Os três vídeos mostram incursões de fenômenos aéreos não identificados a nossos locais de treinamento militar”, explicou Joseph Gradisher, porta-voz da Marinha à NBC News.

Pilotos devem reportar casos, diz Marinha

Com a repercussão do caso, a Marinha dos EUA anunciou que vai pedir a pilotos – incluindo da Força Aérea – atenção para reportar mais casos, informou a NBC News.

“Tem havido relatos de aeronaves não autorizadas e/ou não identificadas entrando em vários locais controlados pelas Forças Armadas e no espaço aéreo próprio nos anos recentes”, admitiu Gradisher, em comunicado.

“Devem levar esses relatos muito a sério e investigar cada um deles”, acrescentou Gradisher.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes