Contas da Internet são pirateadas com um simples 1-2-3-4-5-6

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Apesar das milhões de pessoas que já tiveram suas contas pirateadas, muitos usuários de Internet continuam usando senhas consideradas fracas e fáceis de adivinhar, segundo especialistas.

Um informe publicado nesta terça-feira pela empresa de segurança em informática SplashData indica que a senha mais comum entre os usuários de Internet em 2015 foi “123456”. Isso vem acontecendo pelo menos desde 2011.

O quinto relatório anual da SplashData, que reúne informações de mais de dois milhões de senhas, mostra poucas mudanças na escolha de segurança dos internautas.

Na liderança do ranking de senhas mais usadas também figuram “12345678”, “qwerty”, “12345” e “123456789”, diz o informe.

Outras combinações populares se baseiam na posição das letras dos teclados, como “1qaz2wsx” (primeiras duas colunas de letras e números) e “qwertyuiop” (primeira fila de letras). Também estão “baseadas em um padrão simples que pode ser facilmente adivinhado pelos hackers”, afirmou a SplashData.

“Vemos que há um esforço de muitas pessoas para ter mais segurança, acrescentando caracteres às senhas, mas, se estas combinações mais longas forem baseadas em padrões simples, corre-se o risco de os hackers roubarem sua identidade”, alertou o CEO da empresa, Morgan Slain.

A epidemia de invasões virtuais motivou algumas companhias on-line a mudarem as senhas por outra forma de identificação e verificação como a biometria. As impressões digitais, por exemplo, são cada vez mais populares em dispositivos móveis, assim como o reconhecimento facial, ou da íris.

Alguns sites estão adotando a “verificação em dois passos”, que requer dos usuários um código extra de autentificação para celulares.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes