Brasileiro é condenado à prisão perpétua nos EUA por morte de ex-namorada

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O brasileiro Marcelo Almeida, de 45 anos, foi condenado nesta quarta-feira à prisão perpétua, sem possibilidade de liberdade condicional, pela morte da ex-namorada Patrícia Fróis, de 24 anos, em setembro de 2011. A jovem levou 10 facadas no pescoço e no peito na entrada do prédio em que morava, na cidade de Marshfield, em Massachussets. Marcelo foi acusado de assassinato em primeiro grau e ficará em uma prisão estadual. O julgamento durou sete dias. As informações são da Rádio WATD FM.

No último dia do julgamento, a promotora Sharon Donatelle relembrou o caso: Patrícia decidiu terminar o relacionamento com Marcelo em 2011. Porém, o homem não aceitava o término com a mãe do seu filho e, segundo a promotora, contou a amigos e familiares que “faria algo estúpido”. Na manhã do dia 26 de setembro daquele ano, Marcelo armou uma emboscada e atacou a ex-namorada, que saía para o trabalho.

O advogado de defesa, Jack Atwood, alegou que o que motivou o ataque foi uma provocação da ex-namorada, que teria dito que não o amava mais e que esteve com outro homem. Além disso, defendeu que Marcelo estava em um mal dia, o que o fez perder o controle, e que o cliente havia ingerido bebida alcoólica e consumido cocaína no dia anterior ao crime.

Atwood concordou que Marcelo era culpado pelo crime, mas queria uma pena menor para o cliente. Após duas horas de deliberação, o júri – que também analisou evidências do crime como a arma do crime, a blusa ensanguentada da vítima e a frasqueira que Patrícia carregava o lanche, e ouviu testemunhas, como a mãe de Patrícia – deu o veredicto.

Fonte: Extra

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes