Brasileira é encontrada morta dentro de mala em Portugal

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A família de Camila da Silva Mendes, de 30 anos, luta para trazer o corpo da filha, que foi morta pelo companheiro, de 38 anos, e teve o corpo colocado em mala e abandonado em mata, em Arruda dos Vinhos, distrito da capital Lisboa, em Portugal. O crime ocorreu na terça (1) e a família ficou sabendo somente na quinta (3) por meios de ligações de conhecidos locais da vítima.

“É muita dor no nosso peito, que não vai passar tão cedo”, diz Dalva Lucia, mãe da vítima que reside no bairro Bethânia, em Ipatinga (MG), e que luta para trazer o corpo da filha ao Brasil.

Segundo a mãe, Camila tinha o sonho de morar fora do Brasil e havia partido com o companheiro, mas teve o sonho interrompido na última semana.

Conforme nota divulgada pela Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, Camila foi atingida com um golpe letal de arma branca. Ainda de acordo com o órgão, o autor colocou o corpo em uma mala e o abandonou em mata próximo ao local do crime.

A suspeita é que ela tenha sido morta por motivos passionais. Os familiares acreditam que a motivação pode estar ligada a ciúmes. De acordo com a família, a polícia portuguesa informou que prendeu o autor, horas após o fato, em uma área de vegetação próxima ao local onde ele teria deixado o corpo de Camila.

“O crime aconteceu dentro da casa onde eles moravam. Ele tentou ocultar o corpo usando uma mala que ele teria comprado com o dinheiro da própria vítima. Recebemos informações também de que a polícia conseguiu prendê-lo horas depois”, disse Werleis Silva, irmão de Camila.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes