Blogueira conta como mãe reagiu ao saber que ela era prostituta

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A primeira garota de programa a fazer sucesso com seu blog no mundo, foi uma inglesa que assinava os posts com o pseudônimo Belle de Jour e lançou um livro com seus textos, o “The Intimate Adventures of a London Call Girl”(“As Aventura Íntimas de uma Garota de Programa”) – que até virou série de TV.

Na época em que revelou sua identidade, causou furor na Inglaterra. Afinal, ela era Brooke Magnanti, uma oncologista especializada em câncer infantil. 

Recentemente, em entrevista ao “Sunday Times Style Magazine”, ela revelou que sua mãe não sentiu vergonha do seu trabalho, pelo contrário, reagiu positivamente à revelação da filha. 

“Longe de ser vergonha, minha mãe até deu o meu livro para a minha avó de presente. Quando ela deu o livro para minha vó, eu me encolhi. Mas minha mãe simplesmente respondeu: ‘Ah, vamos lá né? Sua avó era uma viúva com cinco filhos na década de 60. Ela era uma enfermeira. Ela sabe das coisas”, afirmou.

“Apesar das diferenças entre eu e minha mãe, com o tempo elas foram sendo suavizadas e resolvidas, como muitas vezes acontece entre mães e filhas”, conta.

brooke-magnanti-mae-080316

Durante a entrevista, a mãe de Magnanti, Levy, declarou seu apoio para sua filha dizendo que ela estava orgulhosa dela.

“Quando ela me disse, eu não fiquei chocada, eu não acho que o choque é realmente a palavra certa. Mas eu estava um pouco surpresa. Mas ela poderia escrever sempre. Ela tem uma boa cabeça e eu sempre vou paoiá-la 100%”, afirma a mãe.

Brooke Magnanti diz ter trabalhado como prostituta de luxo para bancar seus estudos de doutorado. Ela cobrava 300 libras por hora por seus serviços – das quais ficava com 200 libras para manter seus estudos para PhD em informática, epidemiologia e ciências forenses.

Hoje em dia ela ainda trabalha como cientistas e fazendo pesquisas.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes