Atriz Kate del Castillo deverá explicar à justiça relação com ‘El Chapo’

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A atriz mexicana Kate del Castillo, apontada como responsável por orquestrar uma reunião entre Sean Penn e o narcotraficante Joaquín “Chapo” Guzmán, foi intimada a depor no próximo fim de semana pela promotoria mexicana, informou nesta segunda-feira à AFP uma fonte da justiça.

A artista, de 43 anos, que também é cidadã americana, foi oficialmente chamada a depor sobre suas relações com Guzman, indicou a fonte, que não quis se identificar.

Del Castillo poderia depor perante o Ministério Público no consulado de Los Angeles, nos Estados Unidos, onde vive há anos, segundo Arely Gomez, procuradora-geral da República.

Uma suposta troca de mensagens por telefone entre a atriz e um dos advogados do líder do cartel de Sinaloa, publicada nesta segunda-feira pelo jornal El Universal, indica que os dois conversaram sobre a possibilidade de o chefão das drogas investir em uma empresa de tequila da qual ela é proprietária com outros sócios.

“Penso comentar com ele o projeto da sua tequila… Quem exclui (que talvez) se interesse e se tornem sócios”, escreveu à artista Andrés Granados Flores, advogado de Guzmán.

“Incrível!!!”, respondeu a estrela de telenovelas, após ter considerado na mesma mensagem: “Nossa, seria maravilhoso!” contar com este investimento.

A mensagem trocada com o advogado Andrés Granados Flores data de 15 de abril de 2015, três meses antes de o criminoso escapar através de um túnel de uma prisão de segurança máxima mexicana.

Uma fonte federal confirmou à AFP que a troca de mensagens entre Kate e o advogado de ‘El Chapo’ é autêntica.

A lei mexicana considera como lavagem de dinheiro qualquer transação financeira realizada com recursos ilegais, enquanto o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos impede as empresas ou cidadãos de fazer negócios com pessoas sancionadas pela entidade.

Após a recaptura de Guzman, em 8 de janeiro em Los Mochis, uma cidade de sua terra natal, Sinaloa (noroeste), Sean Penn narrou em uma reportagem publicada na revista Rolling Stone que a atriz e ele se reuniram com “El Chapo” em 2 de outubro em um local onde Guzman estava escondido.

Del Castillo, que interpretou uma sedutora traficante de drogas na série “La Reina del Sur”, disse há poucos dias via Twitter que fabricaram “histórias falsas” sobre seu relacionamento com “El Chapo” e que dará em breve a sua versão dos fatos.

Segundo Alejandro Hope, analista de segurança e ex-agente do Centro de Inteligência e Segurança Nacional (CISEN), a atriz estará livre de acusações enquanto “não ficar demonstrada uma transferência (financeira)”. Se isto não for demonstrado, “não há nada, não há crime”, disse à AFP.

O especialista considerou muito difícil que se possam atribuir a ela acusações por acobertamento porque é complicado comprová-lo, acrescentou.

“Não há uma obrigação” de informar as autoridades sobre o paradeiro de um foragido, além de que ela supostamente não sabia onde estava, disse Hope.

“Estão buscando se há recursos de procedência ilícita”, indicou.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes