Assassino de 77 pessoas faz saudação nazista em julgamento

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O assassino Anders Breivik fez uma saudação nazista ao comparecer ao tribunal pela primeira vez em quatro anos para reclamar que seu tratamento na prisão é “desumano”. O extremista de direita foi condenado pela morte de 77 pessoas na Noruega em 2011. Segundo o jornal “Mirror”, ele não disse nada quando foi levado ao tribunal nesta terça-feira, mas levantou o braço direito numa saudação nazista clara.

Em 22 de julho de 2011, Breivik detonou uma bomba perto da sede do governo em Oslo e, em seguida, abriu fogo em um encontro de jovens trabalhistas na ilha de Utoya. Em sua última aparição no tribunal, no julgamento em 2012, Breivik usava barba e o cabelo loiro bem curto.

Ele está cumprindo pena máxima da Noruega, de 21 anos, e pode ter a pena prorrogada. Na prisão, ele tem uma televisão e um computador, mas sem acesso à Internet. Ele também pode sair para se exercitar num pátio.

Anders Behring Breivik quer contato com outras pessoasAnders Behring Breivik quer contato com outras pessoas (Foto: Reprodução)

Breivik argumenta que o seu isolamento na prisão viola a proibição de “tratamento desumano e degradante” da Convenção Europeia dos Direitos Humanos. “Ele quer contato com outras pessoas”, disse seu advogado, Oeystein Storrvik, a repórteres antes do julgamento que começou nesta terça-feira e seguirá até sexta-feira.

O escritório do Procurador-Geral de Oslo diz que não há nada a responder, e “não há nenhuma evidência de que o requerente tem problemas físicos ou mentais, como resultado de condições de prisão”. O veredicto do juiz será emitido nas próximas semanas.

Fonte: Extra

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes