Argentina afunda barco chinês em operação contra pesca ilegal

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Um navio da guarda costeira argentina afundou o pesqueiro chinês ‘Lu Yan Yuan Yu 010’, sem deixar vítimas, após enfrentar uma agressiva resistência durante uma operação por pesca ilegal em águas territoriais no Atlântico sul, informou nesta terça-feira a Prefeitura Naval.

“Foi detectado em pleno trabalho de pesca (ilegal) e, advertido para que detivesse seu progresso. Diante da negativa do barco infrator, se iniciou uma perseguição que acabou com o afundamento do pesqueiro. Os tripulantes foram resgatados com vida”, destaca o comunicado da guarda costeira.

O barco chinês foi detectado na segunda-feira, “quando pescava ilegalmente” na zona de Puerto Madryn (1.300 Km ao sul de Buenos Aires)”, na região do Atlântico argentino alvo frequente da pesca ilegal.

“O pesqueiro infrator realizou manobras para colidir com o barco da guarda costeira, colocando em risco sua própria tripulação e também o pessoal da instituição, diante do que se ordenou disparar contra ele”, destaca o comunicado oficial.

O navio da guarda costeira argentina ‘Prefecto Derbes’ detectou o pesqueiro chinês na zona econômica exclusiva e acionou o “protocolo de dissuasão” e possível abordagem.

As autoridades argentinas afirmam que foram realizados “repetidos avisos por rádio (em espanhol e inglês) e sinais sonoros e visuais, mas o barco chinês apagou as luzes de pesca e tentou fugir para águas internacionais, sem responder aos permanentes avisos”.

“Na defesa dos recursos marinhos e diante da negativa do navio de ser abordado, se efetuaram disparos intimidatórios que não conseguiram detê-lo”, relatou a Prefeitura Naval.

A nota revela ainda que a tripulação abandonou o barco quando o capitão parou as máquinas porque o pesqueiro começava a afundar. “O Derbes resgatou quatro tripulantes, incluindo o capitão, enquanto os demais subiram em um dos barcos que o escoltavam”.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes