Mulher perde R$ 30 mil em golpe do casamento com falso fuzileiro naval

Uma moradora de Marília (SP), de 63 anos, perdeu quase R$ 30 mil após cair em um golpe do falso casamento. A vítima conheceu um homem pela internet que disse que era fuzileiro do exército norte-americano em missão de paz no Afeganistão e prometeu casamento.

De acordo com o coordenador da Central de Polícia Judiciária, Amarildo Aparecido Leal,  o golpista conversou com a vítima durante três meses. Durante a conversa, ele afirmou que havia sido dispensando pelo presidente Barack Obama e que viria ao Brasil para se casar com a vítima. “Então, ele solicitou que a mulher depositasse dinheiro para que ele pudesse vir ao Brasil. Ao todo, a mulher depositou R$ 29.050 em uma conta na República do Gana”, afirma.

Ainda segundo o coordenador, a mulher só percebeu que se tratava de um golpe quando foi para Londrina, Paraná, esperar pelo suposto noivo e ele não chegou.

“Não é um golpe comum. Nesse caso vamos trabalhar com duas linhas de investigação. A primeira é a identificação de onde partiu a comunicação via internet e para onde foi o dinheiro, que foi depositado em Gana. Através da quebra de sigilo, nós vamos apurar para onde que foi esse dinheiro e descobrir os dados cadastrais do titular. Isso depende de uma representação junto com o Judiciário e a intermediação também pelo Ministério das Relações Exteriores. Então, é uma investigação complexa”, afirma.

Ainda segundo o coordenador, a melhor forma de evitar esse tipo de golpe é sempre compartilhar ao familiares. ” Quando for fazer um negócio sempre compartilhe com os familiares, pois eles vão dar um apoio e vão orientar”, ressalta.

Fonte: G1

Scroll Up