Mulher morta baleada no interior de SP foi mais uma vítima de feminicídio, diz polícia

A mulher que morreu com tiro em Limeira (SP) nesta terça-feira (31) foi vítima de feminicídio, segundo o registro da Polícia Civil. Jéssica Alves Teixeira tinha 28 anos e era estudante. O suspeito, que depois atirou contra a própria cabeça, tem 39 anos e é administrador de empresas. Até a última atualização, ele estava internado em estado gravíssimo na Santa Casa da cidade.

O caso aconteceu no bairro Jardim do Lago, região conhecida como “Graminha”. Segundo a polícia, os dois eram um casal. Ela era de Americana (SP) e morava em Ilha Solteira (SP) com o suspeito.

Mulher é morta com tiro na cabeça em Limeira — Foto: Nivaldo Veloz
Mulher é morta com tiro na cabeça em Limeira (Foto: Nivaldo Veloz)

No final da tarde, os dois saíram juntos de uma festa em uma chácara de Limeira, em uma caminhonete. O suspeito perdeu o controle do veículo e bateu em um barranco. Em seguida, ainda de acordo com relatos de testemunhas, eles desceram do veículo discutindo e, então, ele atirou nela e depois na própria cabeça.

Jéssica morreu no local e o homem foi socorrido em estado grave para a Santa Casa de Limeira. A arma e munições usadas no crime foram apreendidas pela Polícia Civil. O caso foi registrado como feminicídio e será investigado pela Polícia Civil.

Jéssica Alves Teixeira, vítima de feminicídio em Limeira — Foto: Reprodução/EPTV
Jéssica Alves Teixeira, vítima de feminicídio em Limeira (Foto: Reprodução/EPTV)

Luto

A faculdade que a jovem estudava fez uma publicação no Facebook lamentando a morte dela. Jéssica estava no 8º semestre do curso de administração. “Prestamos nossa solidariedade aos familiares e amigos da estudante”, diz a nota.

Fonte: G1

Scroll Up