Motorista de ônibus diz que teve ‘apagão’ antes de bater em carreta na Rodovia Castello Branco

O motorista do ônibus que atingiu uma carreta carregada com toras de madeira na Rodovia Castello Branco, entre Cesário Lange e Tatuí (SP), disse que passou mal e teve um “apagão”. O acidente deixou mais de 20 feridos neste domingo (27).

Em entrevista à TV TEM, Maurílio Quintino da Silva contou que, no momento do acidente, somente o ônibus e a carreta estavam na pista e que, ao se aproximar do veículo, teve um mal súbito.

“Naquele momento só estava eu e a carreta na rodovia. De longe eu a vi e, de repente, quando estava me aproximando dela, tive um ‘apagão’. Quando voltei no ‘ar’ eu já estava batendo. Não tive reação de frear e de sair para lado nenhum” , contou o motorista, que sofreu ferimentos na perna.

Equipes do Corpo de Bombeiros tiveram que retirar Maurílio das ferragens. Ele e 21 passageiros do ônibus, sendo 19 vítimas leves, duas moderadas e uma em estado grave, foram encaminhados para quatro hospitais nas cidades de Tatuí, Tietê, Itatinga e Cesário Lange.

Uma mulher, de 25 anos, que foi levada para a Santa Casa de Tatuí, precisou passar por uma cirurgia na perna.

Outros três passageiros foram encaminhados para a Santa Casa de Tietê. De acordo com o hospital, dois receberam alta e uma mulher de 24 anos aguarda transferência via Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde (CROSS) para a Centro Hospitalar de Sorocaba (CHS).

O motorista do ônibus, que possui quase 40 anos de experiência, contou que a viagem começou em Londrina (PR), a cerca de 400 km do local do acidente, e que seguiria até São Paulo. Ele descarta a possibilidade de ter dormido enquanto dirigia, e que estava em uma de suas últimas viagens.

“Eu não estava cansado. Vim de uma folga e dormi bem à noite toda e, antes de viajar, dormi mais um pouquinho, por volta de três horas, diz o motorista.

Ônibus bateu na traseira de uma carreta na madrugada deste domingo, na rodovia Castello Branco — Foto: Polícia Rodoviária/ Divulgação
Ônibus bateu na traseira de uma carreta na madrugada deste domingo, na rodovia Castello Branco (Foto: Polícia Rodoviária/ Divulgação)

O acidente

De acordo com a Polícia Rodoviária, o acidente ocorreu por volta das 5h, próximo ao quilômetro 142 da rodovia Castello Branco. O ônibus bateu na traseira da carreta, que estava carregado com toras de madeira.

A concessionária que administra a rodovia afirmou que a pista não precisou ser interditada, apenas uma das faixas. Mesmo assim, o tráfego não foi prejudicado, pois trata-se de um local de pouco movimento.

“Quando chegamos ao local, a pista não apresentava nenhum problema e o tempo estava estável, sem neblina ou chuva”, diz a concessionária.

Em nota, a empresa responsável pelo ônibus informou que todos os passageiros foram socorridos. “No total, 22 pessoas tiveram ferimentos leves e medianos. O motorista sofreu ferimentos leves e também foi encaminhado para atendimento hospitalar. A empresa lamenta o ocorrido. As causas do acidente estão sendo apuradas”, informou a empresa.

Fonte: G1 – Foto: Polícia Rodoviária/ Divulgação

Scroll Up