Motociclista morto por motorista bêbado na Rodovia Marechal Rondon voltava do trabalho, diz família

O motociclista que morreu após ser atingido por um motorista embriagado na Rodovia Marechal Rondon em Agudos (SP) na noite de sexta-feira (29) voltava para casa depois do trabalho quando aconteceu o acidente, segundo informações de familiares.

O engenheiro Rogério dos Santos (foto), de 46 anos, trabalhava em uma indústria que fica às margens da rodovia. Ele foi atingido pelo carro e arrastado pela via.

O motorista do carro foi preso em flagrante, mas liberado na manhã deste sábado (30) após audiência de custódia. Ele vai responder ao processo em liberdade. No velório de Rogério o clima era de comoção e revolta.

“A gente está anestesiado ainda, está difícil de acreditar, não caiu a ficha ainda, mas o que a gente espera é Justiça, isso sem dúvida”, afirma a cunhada da vítima, Luciana Francisco dos Santos.

O condutor do veículo passou pelo teste do bafômetro que comprovou que ele havia ingerido bebida alcoólica. Ele completou 38 anos na sexta-feira, dia do acidente. Se for condenado, o motorista pode pegar de 5 a 8 anos de prisão.

Carro atingiu a motocicleta na Rodovia Marechal Rondon em Agudos (Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação)

Fonte: G1

Scroll Up