Morte de médica com suspeita de Covid-19 causa comoção em Itapetininga

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A morte de uma médica causou comoção em Itapetininga neste sábado (19). Jacqueline Cardozo Vieira, de 47 anos, tinha contraído a Covid-19, segundo o que amigos e familiares relataram nas redes sociais. O laudo da morte, no entanto, não foi divulgado.

Jaqueline morreu no hospital da Unimed, onde estava internada, e foi sepultada nesta tarde no Cemitério São João Batista, em Itapetininga.

A médica atuava na ala voltada a pacientes com Covid-19 do Hospital “Dr. Léo Orsi Bernardes”. Ela era filha de Calil Badin Vieira, tenente coronel da Polícia Militar, e de Leoni Cardozo Vieira.

“Não conheci a Jaqueline, mas sei que era uma dedicada e muito competente na sua profissão! Deus a quis de volta!”, comentou uma internauta.

Por meio das redes sociais, a prefeita de Itapetininga, Simone Marquetto (MDB), também lamentou a morte da médica.

“Tenho uma notícia muito triste: a Doutora Jaqueline faleceu hoje. Elas nos deixa para estar ao lado de Deus. Meus sentimentos aos familiares e amigos. Descanse em paz Dra. Jaqueline. Obrigada por tudo o que fez por nossos pacientes. Nossos sentimentos a todas as famílias que neste ano tiveram a perda de pessoas queridas por conta dessa doença que tem abalado o mundo inteiro.”

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes