Morre gorila que ficou famosa por selfie em pé em 2019

O Parque Nacional de Virunga (PNVi) anunciou nesta terça-feira (5) a morte de uma gorila famosa por sua história e personalidade, que se tornou uma das atrações desta joia natural e turística no leste da República Democrática do Congo.

“Com grande pesar, Virunga anuncia a morte da gorila da montanha órfã Ndakasi, que residia no centro de Senkwekwe havia mais de uma década”, informou o Parque de Virunga.

“Na noite de 26 de setembro, após uma longa doença, seu estado se agravou rapidamente e Ndakasi morreu nos braços de seu guarda e amigo de longa data, André Bauma”, acrescentou.

Ndakasi era órfã e foi cuidada no Parque de Virunga, na República Democrática do Congo (Foto: Parque Nacional de Virunga/Divulgação)

A gorila nasceu em abril de 2007 e tinha apenas dois meses quando foi encontrada por guardas florestais agarrada ao corpo da mãe, que tinha sido baleada e morta por milícias armadas.

Seu estado vulnerável a impediu de retornar à vida selvagem, então viveu em uma instalação do PNVi, onde ela e outro gorila, Ndeze, foram cuidados por mais de uma década.

“A vida de Ndakasi está bem documentada e sua personalidade calorosa já apareceu em muitos programas e filmes (…). Ela também alcançou a fama na internet em 2019, quando uma selfie viralizou no Dia da Terra”, lembrou o PNVi.

Ndeze (esquerda) e Ndakasi (direita): gorilas posam com o guarda que os resgatou quando eram bebês. — Foto: Mathieu Shamavi / Reprodução
Ndeze (esquerda) e Ndakasi (direita): gorilas posam com o guarda que os resgatou quando eram bebês. (Foto: Mathieu Shamavi / Reprodução)

Localizado na fronteira com Ruanda e Uganda, o Parque de Virunga cobre 7.800 km2 da província de Kivu do Norte, no leste do país.

Fonte: Yahoo!

Scroll Up