Botucatu: Moradores relatam aglomerações em áreas esportivas e falta do uso de máscaras

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A prática de esportes melhora a qualidade de vida e a saúde das pessoas, quando realizada de forma segura principalmente, diante de uma pandemia onde um vírus muito agressivo tem tirado a vida de muita gente.

O Leia Notícias recebeu diversas denúncias sobre aglomerações em locais públicos durante práticas esportivas em Botucatu.

Uma leitora afirmou que com o fechamento das academias, ela tem caminhado no Campo do Inca. ” Muita gente sem máscara por lá, é um risco para quem vai até lá praticar uma atividade. O uso da máscara é importantíssimo para evitar a contaminação.”

Outra leitora, que também frequenta a pista do local, confirmou a situação:

Ontem a noite estava um absurdo de gente sem máscara! Galera correndo (acho que como as academias estão fechadas, aumentou muito a demanda lá) Mas para não precisar fechar, para que seja saudável, façam uma campanha de conscientização! Ninguém quer que lá feche! Lá é uma delícia! É duro quem usa máscara ter que deixar de ir por medo!

Outro ponto de práticas esportivas, que foi alvo de denúncia, é a Avenida Universitária, na região dos Altos do Paraíso, atrás do Lageado.

Um leitor registrou com imagens, dezenas de pessoas caminhando, correndo e com bicicletas. A maioria sem máscaras, incluindo pessoas praticando atividades em grupos.

Não podemos abrir nossas empresas, sem trabalho, para não fazer aglomeração, então vejam isso: lá no Altos do Paraíso, vê se pode, e ainda em frente ao batalhão da Policia Militar

Mascara durante os exercícios?

Fazer exercícios com máscara ou sem máscara? Foi essa a primeira pergunta feita pelo médico Luis Fernando Correia ao cardiologista e médico do esporte Fabricio Braga, da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri) e diretor do Laboratório de Performance Humana da Casa de Saúde São José.

A resposta foi clara: com máscara, para minimizar os riscos de transmissão e contágio pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2). A partir daí, Fabricio Braga esclareceu alguns pontos. Entre eles, explica que a necessidade de um treinamento ventilatório para praticar atividades físicas de máscara pode render frutos no futuro. Ou seja, o desempenho nesse momento pode cair, mas após a pandemia, quando a máscara não for mais necessária, haverá um benefício devido ao aumento da amplitude respiratória, para quem investir nesse tipo de treinamento. ( Com GloboEsporte.com)

Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes