Moradores reclamam de orelhão caído há 4 dias no Monte Mor, em Botucatu

Moradores do Jardim Monte Mor entraram em contato com o Leia Notícias, após um orelhão ter sido derrubado na Rua José Longo.

Há 4 dias, o serviço de telefonia pública está indisponível. Os moradores acreditam que se trata de um caso de vandalismo.

Na maioria das cidades, parte dos aparelhos está quebrada e não recebe manutenção. Por falta de uso, a Anatel estuda reduzir ainda mais o número de “orelhões” no país. Porém, para algumas pessoas, ele é essencial. 

Com aumento frequente do uso de celular, o problema de manutenção nos orelhões preocupa o grupo de usuários, que pede atenção e alerta para a necessidade do conserto dos orelhões, principalmente, para casos de emergência. “Quando acaba o crédito do celular, você apela pro orelhão”, disse um morador.

O Leia Notícias tentou contato com a empresa Vivo em Botucatu, responsável pelo serviço, mas o atendimento estava indisponível.

Leia Notícias

Scroll Up