Mitos e verdades sobre a alimentação canina

Esclareça algumas dúvidas e ofereça o melhor para seu cãozinho

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Ao pensar na alimentação do seu animalzinho, o primeiro passo é entender as necessidades do pet. A partir disso, deve ser decidido o tipo e a quantidade de comida que ele receberá diariamente.

Muito se fala sobre a qualidade das rações industrializadas, das dietas restritivas ou do vegetarianismo. Confira as respostas para as dúvidas mais comuns sobre isso e faça sua escolha de maneira consciente.

Ração industrializada

A enorme variedade de marcas, tipos e valores de rações disponíveis no mercado é capaz de confundir qualquer dono. Antes de escolher a melhor para o seu pet, é importante analisar o custo, mas, principalmente, a qualidade dos produtos. A ração do cachorro deve ser balanceada com todos os nutrientes necessários para a saúde do animal, e isso não está intimamente ligado ao valor da ração.

Muitas das marcas econômicas são de extrema qualidade, já as consideradas premium possuem outros ingredientes que podem, por exemplo, oferecer mais energia e fazer com que eles comam menos. Por isso, uma análise do custo-benefício é essencial. Lembre-se de que a ração acompanhará o animal por muitos anos.

É importante reforçar que as rações industrializadas são feitas sob supervisão de profissionais, com alto controle de qualidade e balanceamento de ingredientes, como minerais, vitaminas, proteínas, gorduras e outros. Portanto, elas são seguras para todos os animais, desde que respeitadas as indicações de porte, raça, idade, etc.

Dieta vegetariana

Esse é um mito bastante difundido e que gera grande discussão. Muitos donos vegetarianos gostariam de replicar suas escolhas alimentares para seus animais, e aí surge a dúvida: os cães precisam de carne em sua alimentação? Não, os cachorros podem ter uma dieta completamente vegetal, sem problemas para sua saúde. O importante é que essa alimentação seja balanceada.

Na realidade, os cãezinhos precisam dos aminoácidos que são extraídos a partir das proteínas, mas elas não precisam ser necessariamente de origem animal. Atualmente, já existem diversas opções de ração com aminoácidos sintetizados no mercado, oferecendo uma nutrição correta e completa para os pets.

Já em casa, com alimentação natural, torna-se muito mais difícil equilibrar todos os nutrientes excluindo a carne, o que pode tornar a dieta vegetariana caseira perigosa para a saúde do animal.

Alimentos impróprios

Nem todos os alimentos ingeridos pelos seres humanos podem ser compartilhados com os pets. Sabemos que pode ser bem difícil resistir à tentação de dar um pedacinho de alimento quando vemos aqueles olhinhos e aquela carinha que eles fazem quando querem ganhar algo que estamos comendo. Contudo, é importante pensarmos na saúde dos nossos amigos em primeiro lugar.

Não consegue resistir? Então, conheça alguns alimentos consumidos pelo ser humano que também podem ser utilizados pelos cachorros sem nenhum problema: banana, maçã, manga, carne bovina crua ou cozida, sempre sem tempero, cenoura, chuchu e beterraba são algumas opções nutritivas e deliciosas.

Também é importante conhecer os alimentos que adoramos, mas são terminantemente proibidos para nossos amigos. Nessa lista, entram itens como: chocolate, cebola, açúcar, café, abacate, uva e uva-passa.

Consumo de leite

Não é possível generalizar, mas a indicação dos veterinários é realmente evitar o consumo de leite de vaca por cachorros. Isso porque grande parte deles tem intolerância à lactose e pode passar mal após o consumo, com diarreia e vômito, por exemplo. Além disso, a ingestão pode dar cólicas e dores na barriga dos bichinhos. Portanto, evitar o leite é o caminho mais indicado.

Você pode estar se perguntando: então, como alimentar cães filhotes? O ideal é que eles sejam amamentados por suas mães nas primeiras seis ou oito semanas de vida. Mesmo em casos específicos, em que a amamentação materna não seja possível, não é recomendado trocar esse leite pelo de vaca. As clínicas veterinárias possuem fórmulas exclusivas de leite para essas situações, garantindo a correta nutrição dos recém-nascidos.

Conteúdo produzido para o Jornal Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes