Mistério: Caminhonete de dono dos Colégios ADV passou pelo pedágio de Jaú, afirma polícia

O desaparecimento do empresário e professor de Matemática Adevaldo Colonize, 51 anos, ainda é um mistério para a Polícia de Igaraçu do Tietê, desde a madrugada do domingo (29). A Polícia trabalha com diversas linhas de investigação e ainda tenta juntar as informações para descobrir o paradeiro do empresário, dono da rede de colégios ADV, com unidades em Botucatu, Bauru, Jaú e Barra Bonita.

De acordo com a informações do site Bocaina Informa, que acompanha o caso, a caminhonete do empresário foi localizada em um bairro perigoso de Igaraçu, o CDHU, na tarde do domingo, com dois adolescentes. Um deles fugiu e o outro foi prestou depoimento e foi liberado. A Polícia não acredita que os menores estão envolvidos no desaparecimento.

O veículo foi encontrado com a chave na ignição com todos os objetos pessoais do proprietário dentro, sem nenhuma avaria. A informação mais atualizada, é de que o pedágio de Jáu registrou a passagem da caminhonete horas antes do veículo ter sido abandonado.

Os colégios estão com as aulas normais e familiares e funcionários evitam falar com a impressa. O site S2 Notícias teve acesso a alguns parentes próximos que pediram muita oração para que Adevaldo seja encontrado o mais rápido possível. O Leia Notícias acompanha o caso.


Leia Mais:  Botucatu e região: Polícia registra o desaparecimento de dono da rede de colégios ADV


Fonte: Leia Notícias

Scroll Up