Mercedes desiste de apelação e parabeniza Verstappen por título da F1

A Mercedes, equipe de Lewis Hamilton, desistiu dos planos de apelar do resultado do Grande Prêmio de Abu Dhabi nesta quinta-feira (16) e parabenizou Max Verstappen pelo campeonato mundial de Fórmula 1.

Verstappen, piloto de 24 anos da Red Bull, conquistou o título ao ultrapassar o heptacampeão Hamilton na última volta da corrida em meio a uma revolta com a maneira como uma intervenção tardia do safety car foi realizada.

O holandês deve receber o troféu em uma cerimônia de gala em Paris na noite desta quinta-feira.

A Mercedes acolheu a decisão da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), anunciada na quarta-feira, de analisar o que aconteceu no circuito de Yas Marina e proporcionar clareza no futuro.

“Responsabilizaremos a FIA por este processo e por meio desta retiramos nossa apelação”, disse a Mercedes.

A Mercedes havia anunciado a intenção de apelar após dois protestos pós-corrida serem rejeitados. O prazo era a noite de quinta-feira.

“Saímos de Abu Dhabi sem acreditar no que tínhamos acabado de testemunhar. É claro que é parte do jogo perder uma corrida, mas é algo diferente quando você perde a fé na modalidade”, declarou a Mercedes.

safety car foi acionado a cinco voltas do final, após Nicholas Latifi bater sua Williams, forçando os comissários a entrarem na pista.

A corrida foi retomada a uma volta do final após o diretor de provas, Michael Masi, quebrar o protocolo que indica que todos os retardatários devem ultrapassar o safety car antes que a bandeira verde seja acionada.

Em vez disso, apenas os carros que estavam posicionados entre Verstappen e Hamilton foram autorizados a descontar suas voltas de atraso, o que deu ao piloto da Red Bull pista livre para se aproximar de Hamilton e o ultrapassar.

Fonte: Agência Brasil