Menina foi drogada, estuprada e morta na véspera do aniversário; mãe foi presa

Uma menina foi drogada, estuprada e, em seguida, assassinada, na véspera de seu aniversário de 10 anos, na noite da última terça-feira, na cidade de Albuquerque, no Novo México (EUA). O corpo da criança foi encontrado pela polícia, no dia seguinte, na residência da família dela. Horas depois, a mãe, o padastro e um primo da vítima foram presos suspeitos de envolvimento no crime. As informações são do jornal “The New York Daily News”.

De acordo com a polícia local, Victoria Martens comemoria seu aniversário de 10 anos na última quarta-feira. Ela teve metanfetamina injetada no corpo e foi vítima de estupro. Depois, foi esfaqueada e estrangulada até a morte. O corpo da menina, que estava esquartejado, foi encontrado enrolado em um lençol.

Policiais chegaram até a casa após uma ligação anônima que informou um barulho incomum na casa da família. Ao chegar ao local, os agentes encontraram o corpo da vítima. “Esse homicídio foi o mais terrível que eu vi na minha carreira. Foi um total desrespeito à vida humana”, disse o chefe de polícia de Albuquerque Gorden Eden.

Os suspeitos pelo crime, que foram presos, são: a mãe da vítima, Michelle Martens, de 35 anos, o namorado dela, Fabian Gonzales, de 31, e Jessica Kelley, prima da vítima, também de 31. Todos podem responder por abuso infantil, sequestro, ocultação de provas, além de estupro e homicídio.

Michelle MartensMichelle Martens (Foto: Reprodução/Facebook)
Jessica Kelley é suspeita pelo crime; ela é prima da vítimaJessica Kelley é suspeita pelo crime; ela é prima da vítima (Foto: Divulgação)

Na delegacia, Gonzales negou envolvimento na morte da menina. A prima da vítima passou mal ao ser presa e foi encaminhada para um hospital. Segundo a polícia, a mãe da menina contou que o namorado dela drogou Victoria e, em seguida, teve relações sexuais com ela. Depois, ele esfaqueou e esganou a vítima. A mãe alega ainda que o rapaz se juntou a Kelley para esquartejar a criança.

Caso chocou vizinhos (Foto: Russell Contreras)

O caso chocou moradores da região, que fizeram um pequeno memorial em homenagem a Victoria, perto da casa da menina. Lá, deixaram flores, balões e mensagens de adeus.

Um memorial foi feito para a vítimaUm memorial foi feito para a vítima (Foto: Russell Contreras)

Fonte: Extra

Scroll Up