Menina de 4 anos é encontrada com vida após 18 dias desaparecida na Austrália

A polícia australiana informou nesta terça-feira que Cleo Smith, de 4 anos, foi encontrada viva e passa bem. A menina estava desaparecida desde 16 de outubro, nas proximidades da cidade de Carnarvon, na Austrália Ocidental.

A menina foi localizada em uma casa em Carnarvon, por volta de 1h da madrugada, no horário local. A polícia informou que os agentes precisaram invadir a residência, que estava trancada. A garota estava em um dos quartos. Um homem foi preso.

— Tenho o privilégio de anunciar que, nas primeiras horas desta manhã, a força policial da Austrália Ocidental resgatou Cleo Smith — disse o subcomissário Col Blanch, ao The Guardian. — Cleo está viva e bem.

De acordo com Blanch, um dos agentes pegou a vítima no colo e perguntou o nome dela. A criança respondeu imediatamente: “Meu nome é Cleo”. A menina já está com os pais.

A menina tinha sido vista pela última vez quando acordou a mãe, Ellie, e pediu por água. As duas voltaram a dormir em seguida. Pela manhã, porém, a pequena não estava mais na tenda armada no acampamento Blowholes. Em entrevista ao canal 9 News, Ellie contou que a barraca da família estava praticamente toda aberta.

— Cleo estava em um colchão, e nosso bebezinho (a irmã mais nova da menina) estava em um berço bem ao lado dela. Nós tínhamos uma divisória. Então estávamos (a mãe e namorado, Jake Gliddon) em um colchão inflável também. (De manhã) fui para o outro espaço, o zíper estava aberto e Cleo tinha sumido… a barraca estava completamente aberta, faltava apenas 30 centímetros para abrir totalmente — contou a mãe.

Durante as buscas, uma recompensa de 1 milhão de dólares australianos (mais de R$ 4 milhões na cotação atual) foi oferecida por informações que pudessem levar ao paradeiro da criança ou à prisão e condenação de envolvidos no desaparecimento.

Fonte: Yahoo!

Scroll Up