Melhores momentos da NBA 2022: veja os destaques do campeonato

A temporada 2021/2022 da NBA chegou ao fim no dia 17 de junho com o sétimo título do Golden State Warriors. Enquanto a nova disputa não chega – marcada para outubro – uma boa pedida é relembrar os destaques da última edição do principal campeonato de basquete do planeta.

A procura das pessoas por assuntos relacionados a esta competição foi bem alta. Não foi à toa que a Betfair Brasil recebeu inúmeros palpites sobre a final da NBA. Todo mundo queria, de alguma maneira, participar da decisão investindo nas apostas esportivas. 

Campanha campeã do Golden State Warriors

Campeões 2022 – Fonte NBA

Durante os 82 jogos da temporada regular, os Warriors tiveram a campanha de 53 vitórias e 29 derrotas, na terceira posição da Conferência Oeste. Mais especificamente falando, a franquia da Califórnia ficou com o segundo lugar da Pacific Division. 

O Denver Nuggets foi o primeiro oponente nos playoffs. A classificação californiana foi bem tranquila, já que o placar de série foi de 4 a 1.

Depois, a situação deu uma complicada na semifinal de conferência, desta vez contra os texanos do Dallas Mavericks: 4 a 3. Certamente, quem fez apostas nesta série teve muitas emoções. Na final do Oeste, o Golden State fez 4 a 2 para cima do Memphis Grizzlies.

Já na tão sonhada NBA Finals, frente ao tradicional Boston Celtics, a equipe de Stephen Curry e Klay Thompson iniciou perdendo, mas conseguiu a recuperação. Aqui, a franquia pagou valores altos nas apostas, pois vinha de derrota. A série não precisou do Jogo 7. O placar final foi de 4 a 2. 

Olha, aqui vai uma dica: para a próxima temporada, as casas apostas já colocaram o Golden State como o principal favorito para mais um título – o que é amplamente normal. Em 2017 e 2018, a equipe faturou dois troféus, dos sete que tem em sua história. As apostas agora são para saber se o time irá construir uma dinastia ou não.

Prêmios individuais da temporada 2021/2022

MVP (Most Valuable Player)



Fonte: Perfil NBA 

O jogador mais valioso da temporada (Most Valuable Player – MVP) é sempre um prêmio muito aguardado por todos os fãs de basquete. Anteriormente, este posto foi ocupado pelo sérvio Nikola Jokić, ala-pivô do Denver Nuggets. Ele, que já tinha sido eleito o MVP na temporada 2020/2021, teve números bem interessantes.

  • Média de 27.1 pontos por jogo.
  • Média de 13,8 rebotes por jogo.
  • Média 7.9 assistências para os companheiros por jogo – oitavo atleta neste quesito em toda a liga norte-americana.

Tudo indica que se os Nuggets não tivessem sido eliminados precocemente pelos Warriors, Nikola Jokić poderia ter feito muito mais. Fica a expectativa para a próxima temporada. Certamente, o atleta do leste europeu vai receber muitos palpites nas apostas esportivas quando o assunto for a corrida pelo prêmio de MVP.

Cestinha do campeonato

Fonte: Perfil NBA 


Já o jogador que mais pontos fez na temporada foi pivô camaronês Joel Embiid, do Philadelphia 76ers. Trata-se de um atleta bastante experiente e considerado polêmico. 

  • Embiid foi o primeiro pivô desde Shaquille O’Neal, em 1999/2000, a ser cestinha da NBA.
  • O atleta africano bateu a marca de maior pontuador da temporada quando atingiu a média de 30.6, em 68 jogos disputados na temporada regular.
  • Para ser o cestinha, Embiid superou Giannis Antetokounmpo, do Milwaukee Bucks (29.9 pontos) e Luka Doncic, do Dallas Mavericks (28.5 pontos).

Se nas apostas o Nikola Jokić não foi uma surpresa ao ser escolhido como MVP, o mesmo não dá para dizer em relação a Joel Embiid. Quem confiou no jogador do 76ers, neste momento, está feliz e com um sorriso de orelha a orelha. 

Equipes que se destacaram ao longo da temporada

Fora o Golden State Warriors e o Boston Celtics, outras franquias também tiveram grande destaques durante a temporada e valeram muitos palpites nas casas de apostas. O Phoenix Suns, vice-campeão em 2021, fez uma campanha bem legal durante a temporada regular, com 64 vitórias e 18 derrotas, na liderança da Conferência Oeste. Eliminado na semifinal de conferência para o Dallas Mavericks. 

Já na Conferência Leste vale a pena falar do Miami Heat, líder com 53 resultados positivos e 29 negativos. Diferente do time texano, a franquia da Flórida quase foi finalista, indo até a final da conferência, perdendo a série para o Boston por 4 a 3. O Heat deu trabalho e gerou muitas cotações lucrativas nas apostas durante os playoffs.