Manifestantes bloqueiam saída e ‘prendem’ fiscais em propriedade rural durante fiscalização em Herculândia

Cinco fiscais ficaram retidos por manifestantes na tarde desta quarta-feira (6) durante uma fiscalização em uma propriedade rural, em Herculândia (SP).

Três agentes da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), juntamente com duas fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) ficaram ‘presos’ no local por quase 1h30 após manifestantes bloquearem a saída com alguns caminhões e veículos.

De acordo com a Secretaria Estadual de Agricultura, os manifestantes eram mudeiros (vendedores ambulantes de mudas de citros). A prática é proibida no estado de São Paulo.

Agentes realizavam fiscalização em propriedade rural de Herculândia — Foto: Reprodução/Redes sociais
Agentes realizavam fiscalização em propriedade rural de Herculândia (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Os agentes realizavam uma fiscalização que tinha como objetivo justamente verificar os viveiros de mudas de murtas que não estavam telados. Os fiscais do órgão federal também faziam a verificação do registro nacional de sementes e mudas (Renasem).

No local, foram encontrados viveiros sem a proteção adequada, além de mudas de citros com sintomas de cancro cítrico e HLB.

Os fiscais precisaram do apoio das polícias Rodoviária e Ambiental para saírem do local. Não houve registro de feridos.

Mudas de citros com sintomas de cancro cítrico e HLB foram encontradas no local — Foto: Reprodução/Redes sociais
Mudas de citros com sintomas de cancro cítrico e HLB foram encontradas no local (Foto: Reprodução / Redes sociais)

Fonte: G1