Mancha esverdeada nas águas do Tietê chama atenção de moradores no interior de SP

Uma água esverdeada demais no Rio Tietê chamou atenção de moradores de Sabino neste sábado (1º). O fenômeno foi registrado na prainha da cidade.

De acordo com a prefeitura e a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), o fenômeno acontece pela proliferação de algas. Ainda conforme a Cetesb, isso é causado pela poluição de esgoto.

A prefeitura informou que essa coloração é vista todos os anos no período de chuvas. No ano passado, a prainha foi interditada e considerada imprópria para banhistas. O problema também afetou outras cidades banhadas pelo Tietê nos últimos anos.

O prefeito Eder Ruiz disse que o município está tomando medidas paliativas, como roçar as margens do rio e fazer a sucção da água.

Além disso, o prefeito informou que um projeto para aumentar a vazão do córrego da cidade está em análise no governo do Estado.

Segundo a prefeitura de Sabino, fenômeno acontece por conta da proliferação de uma espécie de algas — Foto: Arquivo pessoal
Segundo a prefeitura de Sabino, fenômeno acontece por conta da proliferação de uma espécie de algas (Fotos: Arquivo pessoal)

Fonte: G1

Scroll Up