29 de maio, 2024

Últimas:

Mãe que perdeu uma das gêmeas nas enchentes: “Esse vazio será eterno”

Anúncios

Gabrielli Silva, 24 anos, moradora de Canoas (RS), que buscava informações sobre o paradeiro de sua filha Agnes, de apenas seis meses, confirmou neste domingo, 12, que o bebê não sobreviveu. Desde o dia 5 de maio, quando o barco que resgatou sua família virou na enchente e a pequena desapareceu, a mãe vinha procurando desesperadamente pelo bebê.

“Infelizmente, a história não teve o desfecho que eu desejava. Agora, esse vazio na foto será eterno, e a saudade e a lembrança vão permanecer”, desabafou Gabrielli em uma emocionante publicação em suas redes sociais neste Dia das Mães.

Anúncios

Na postagem, a mãe relembrou com carinho da filha, irmã gêmea de Ágata, a quem chamava de ‘miss simpatia’. Gabrielli também compartilhou o desespero vivido desde o dia 5 de maio, quando ela e seus quatro filhos foram resgatados de casa. Infelizmente, o barco que os levava virou na enchente, e Agnes desapareceu.

“Como vou continuar caminhando sem me culpar por tudo? Sei que ninguém teve culpa, muito menos as pessoas que se dispuseram a nos salvar. A todos que estavam dando suas vidas para nos resgatar, toda minha gratidão, vocês são meus heróis”, agradeceu Gabrielli.

Anúncios

“Nossa luta diária de angústia a cada segundo acabou, e agora você pode descansar no colo de Deus, minha vidinha. Te amo até a eternidade, miss simpatia, e me perdoa por não ter conseguido te pegar, filha. Me perdoa, meu amor”, concluiu a mãe.
 
 Dados da Defesa Civil das 9h deste domingo, 12, apontaram mais sete mortes confirmadas, chegando a um total de 143. Autoridades destacam que os balanços são parciais e os números tendem a aumentar.

Fonte: Notícias ao Minuto

Talvez te interesse

Últimas

Presença da empresa na exposição do setor de Óleo e Gás mostrou sua expertise de soluções ambientais inovadoras e capacidade...

Categorias