Mãe mata vizinho bêbado após impedir abuso sexual de filha de 5 anos em SC, diz polícia

Uma mulher de 37 anos matou o vizinho bêbado em Penha, no Litoral Norte catarinense, após perceber que ele tentava abusar de uma das filhas dela, de 5 anos, segundo a Polícia Civil.

O homem, de 60 anos, havia investido contra a mãe da menina com uma foice na noite de quinta-feira (30), quando a mulher o impedia de violentar a criança, informou o agente responsável pela Delegacia de Polícia Municipal (DPMu), Allan Coelho.

“Houve uma discussão entre eles, e o homem se armou de uma foice para agredir a mulher, atingindo-a nas pernas, braços e mãos. A mulher, por sua vez, armou-se de um facão para se defender e também atingiu o homem, principalmente no peito, braços e mãos. Parecia um campo de guerra”, relatou.

De acordo com o agente, as agressões iniciaram na porta da casa da mulher e seguiu pelo pátio do imóvel. O homem residia no andar superior, na mesma edificação, e cuidava de um estacionamento no mesmo terreno.

Ferido, o homem saiu do terreno onde ocorreu o atrito e caminhou por aproximadamente 100 metros, segundo a polícia, até cair na rua, onde morreu. Já a mulher, bastante ferida, foi levada para atendimento médico e, em seguida, encaminhada à delegacia.

“O delegado de plantão liberou ela, pois pela dinâmica dos fatos e relatos de testemunhas, entendeu que ela agiu em legítima defesa”, esclareceu Coelho.

As filhas da mulher, de 2 e 5 anos, foram atendidas pelo Conselho Tutelar até a liberação da mãe, que foi orientada a buscá-las na instituição ao sair da delegacia.

Fonte: G1Foto: Salmo Duarte/Arquivo/AN