Mãe, filho e avó mortos em acidente em rodovia são enterrados no interior de SP

Os corpos da mãe, filho e avó que morreram em um acidente na Rodovia Francisco Alves Negrão, em Itapeva (SP), na noite de sábado (22), foram enterrados na manhã desta segunda-feira (24).

Daiane Santiago Banruk, de 28 anos, o filho Luan Henrique Banruk Alves dos Santos, de 8 anos, e a avó paterna Roseli Alves, de 52, foram enterrados no Cemitério Municipal de Itapeva.

As vítimas estavam em um carro que bateu de frente com um caminhão na rodovia. Além deles, também estavam no veículo o irmão de Luan, de 11 anos, e o companheiro da avó paterna das crianças, que dirigia o carro. Os dois foram internados em estado grave.

Família pede orações para menino internado após acidente em Itapeva — Foto: Arquivo pessoal
Família pede orações para menino internado após acidente em Itapeva (Foto: Arquivo pessoal)

Nas redes sociais, o pai dos meninos comunicou aos amigos sobre a tragédia e pediu orações ao filho de 11 anos, que está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Adib Domingos Jatene, em Sorocaba (SP).

“Meus amigos, já perdi um filho, minha mãe e a mãe do meu filho, e estou com um filho de 11 anos aqui no hospital de Sorocaba. Ele se encontra na UTI. Peço oração de todos vocês”, publicou o pai.

A avó materna do garoto, mãe de Daiane, também fez um apelo nas redes sociais. Com fotos do outro neto e da filha, que morreram no acidente, a avó prestou uma homenagem e pediu orações.

Segundo a polícia, o motorista do carro Alex Sandro Souza Teobaldo apresentava sinais de embriaguez e teve a prisão em flagrante decretada pela Polícia Civil, porém, ele continuava internado nesta segunda-feira (24).

Acidente

De acordo com o registro policial, o carro em que a família estava invadiu a pista contrária e bateu de frente com um caminhão.

A avó paterna das crianças, Roseli Alves, e a mãe delas, Daiane Banruk, morreram no local. Já Luan Henrique, de 8 anos, chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante o socorro. O motorista do caminhão não ficou ferido.

Um boletim de ocorrência foi registrado por embriaguez ao volante. Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Itapetininga (SP) e liberados posteriormente para velório e enterro.

Fonte: G1