Lugano fica perto da volta ao São Paulo

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O sonho do torcedor são-paulino de contar com Diego Lugano está se tornando realidade. Nos últimos dias, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, confirmou a uma série de interlocutores que pretende contratar o zagueiro uruguaio para 2016, caso seja eleito presidente nesta terça-feira – ele é o favorito na disputa com Newton Luiz Ferreira.

Dono do maior salário do futebol paraguaio – ganha US$ 70 mil mensais no Cerro Porteño, que equivalem a R$ 271 mil -, Lugano só não voltou ao Morumbi em agosto porque Ataíde Gil Guerreiro, vice-presidente do Tricolor, vetou o negócio, sob a justificativa de que o uruguaio é muito velho. Agora, prestes a completar 35 anos, o zagueiro deve chegar graças ao enfraquecimento do dirigente, que pode perder a cadeira no fim do ano.

O próprio Cerro Porteño, por meio do diretor-executivo, Daniel Cáceres, fala com receio do risco de ver seu capitão sair. Há uma cláusula no contrato que obriga o líder do Campeonato Paraguaio a liberar Lugano de graça se a proposta for do São Paulo.

Para completar, um dos filhos de Lugano usou a conta no Twitter para postar três bolas com as cores vermelha, branca e preta, do São Paulo. A publicação teve mais de 500 retuites e quase 600 favoritadas.

Lugano está no Paraguai desde agosto e já disputou nove partidas, todas como titular. Ele também marcou quatro gols e é o principal ídolo do torcedor do Cerro, favorito ao título do campeonato local. O uruguaio passou pelo São Paulo de 2003 a 2006, conquistando a Libertadores e o Mundial de 2005.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes