Lenda do vôlei russo, Vadim Khamuttskikh morre aos 52 anos

Morreu na madrugada deste dia primeiro de janeiro de 2022 Vadim Khamuttskikh. Lenda do vôlei russo, o ex-levantador foi vítima de uma parada cardíaca aos 52 anos. O astro conhecido por sua habilidade e liderença conquistou ao longo da carreira três medalhas olímpicas: uma prata, em Sydney 2000, e dois bronzes, em Atenas 2004 e Pequim 2008. O velório do jogador acontecerá na cidade de Belgorod, a 700 quilômetros de Moscou, e deve durar cerca de quatro dias.

Vadim Khamuttskikh (Foto: FIVB)

Ao lado de Dineykin, Tetiukin, Iakovlev, Kazarov, Poltavski e Kuleshov, Vadim impulsinou o vôlei na Rússia, sendo protagonista daquela que é considerada uma das maiores gerações do voleibol russo. Ao todo, o ex-levantador defendeu as cores de seu país 237 vezes. Além dos três pódios olímpicos, Vadim tem no currículo também um título mundial, em 1999.

Depois se aposentar da carreira como atleta, o levantador seguiu atuando na modalidade como treinador. Nas últimas seis temparadas ele comandou o Belogorie, clube no qual fez história também como jogador.

– Vadim teve uma parada cardíaca justo antes da chegada do Ano Novo. Já não está entre nós. Era uma pessoa extraordinária, de quem todos gostavam – disse informou Ria Nóvoski, também ex-treinador do Belogorie Guennnadi Shipulin.

Fonte: G1