Lençóis Paulista: Suspeito de matar dois a facadas em tentativa de roubo diz à polícia que cometeu crime por ‘drogas, pinga e mulher’

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O homem de 30 anos que foi preso suspeito de esfaquear três pessoas e matar duas delas na noite deste domingo (21) em Lençóis Paulista (SP) contou à polícia que cometeu o primeiro crime por causa de “drogas, pinga e mulher”.

Segundo a Polícia Militar, primeiro, o suspeito esfaqueou um homem de 35 anos no bairro Primavera, onde mora. Depois, seguiu para um posto de combustíveis na Avenida Papa João Paulo II, onde anunciou um assalto e esfaqueou o frentista.

No banheiro do posto, a PM disse que ele também deu golpes de faca em um caminhoneiro de 61 anos. O homem de 34 anos e o motorista não resistiram aos ferimentos e morreram. Segundo o BO, o suspeito também foi agredido por moradores antes da chegada da polícia.

Suspeito de esfaquear três pessoas em Lençóis Paulista tem prisão preventiva decretada

Suspeito de esfaquear três pessoas em Lençóis Paulista tem prisão preventiva decretada.

De acordo com o delegado Renzo Santi Barban, o suspeito contou à polícia que matou o homem no bairro Primavera porque já tinha desavenças por causa de “drogas, pinga e mulher”.

Já no caso do motorista do caminhão, o homem disse aos policiais que teve uma discussão com ele enquanto estava urinando e, por isso, cometeu o crime.

Em relação à tentativa de assalto ao posto de combustíveis e às agressões ao frentista, o homem contou aos policiais que não se lembra da ação.

Suspeito foi flagrado com a faca no pátio do posto de combustíveis em Lençóis Paulista — Foto: TV TEM/ Reprodução

Suspeito foi flagrado com a faca no pátio do posto de combustíveis em Lençóis Paulista — Foto: TV TEM/ Reprodução

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito disse que tinha ingerido bebida alcoólica e fumado maconha antes do crime. Ele será indiciado por dois homicídios qualificados e tentativa de latrocínio.

O homem de 30 anos teve a prisão em flagrante convertida em preventiva e foi levado à cadeia de Avaí. A faca utilizada por ele ainda não foi localizada.

Marcas de sangue ficaram  no chão do posto de combustíveis  — Foto: TV TEM/ Reprodução

Marcas de sangue ficaram no chão do posto de combustíveis — Foto: TV TEM/ Reprodução

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes