Lar dos Velhinhos de Piracicaba confirma morte de moradora por Covid-19

O Lar dos Velhinhos de Piracicaba (SP) confirmou a morte de uma idosa de 80 anos por Covid-19. Ela morreu em junho, mas a confirmação foi nesta quinta-feira (8).

Além desse, que é o maior asilo da cidade, a Vigilância Epidemiológica de Piracicaba também confirmou a morte de um outro idoso pela doença na última semana, no Lar Gran Giardino.

No caso do Lar dos Velhinhos, de acordo com a instituição, ela já tinha tomado duas doses da vacina contra a Covid-19. Segundo especialistas, nenhuma vacina oferece proteção de 100% contra doenças, mas elas reduzem muito as chances de infecção, hospitalização e mortes, principalmente depois da segunda dose.

O lar também investiga outro óbito em que há suspeita de contaminação pelo coronavírus. De acordo com o presidente, Ivens Santiago Marcondes, o lar totaliza 30 moradores que morreram pela doença desde o início da pandemia, mas esse é o único caso em 2021.

“Temos um protocolo bastante rígido em relação à Covid-19 e está em vigor hoje uma restrição a visitas. Então hoje nem familiares estão podendo visitar os idosos, como também eles estão praticamente não saindo da instituição para que não haja mais problemas futuros […] trazer esse vírus para dentro da casa”, afirmou.

O Lar dos Velhinhos não registrava mortes pela doença desde agosto de 2020.

Fonte: G1 – Foto: Marcello Carvalho/G1

Scroll Up