Kimi faz a pole e comanda dobradinha da Ferrari em Monza

A briga pela pole do GP da Itália se alternava entre Sebastian Vettel e Lewis Hamilton nos momentos finais do treino classificatório do GP da Itália, na manhã deste sábado. Mas com o cronômetro zerado, Kimi Raikkonen roubou a cena e, com direito a recorde de pista, garantiu o primeiro lugar no grid de largada.

Para o delírio da torcida italiana presente em Monza, a pole de Kimi, a primeira do ano, veio com bônus: dobradinha do time de Maranello, com Vettel em segundo. Liderada por Hamilton, a dupla da Mercedes larga da segunda fila na corrida deste domingo. Max Verstappen completou o top 5.

Novos recordes: com a marca de 1m19s119, o “Iceman” não garantiu somente a pole, mas estabeleceu um novo recorde na pista italiana. A marca anterior pertencia a Juan Pablo Montoya (1m19s525), anotada em 2004. Esta também foi a volta mais rápida da história da F1 no quesito velocidade média, com 263 km/h.

A sessão aconteceu sem sustos. O único incidente foi uma disputa de posição nada amistosa entre Fernando Alonso e Kevin Magnussen na primeira curva, ainda no Q2. E a chuva, que tinha 80% de chance de aparecer para misturar o grid, não deu as caras. Contudo, mesmo sem o elemento da pista molhada, surpresas apareceram. Além de Pierre Gasly, Lance Stroll também avançaram ao Q3, garantindo o nono e décimos lugares, respectivamente.

Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg, futuros companheiros de Renault, trocaram componentes do motor e terão de largar do fim do grid. Vale lembrar que o alemão ainda tinha nas costas uma punição de dez posições no grid por ter causado a batida caótica no GP da Bélgica.

Grid de largada em Monza

Fonte: G1

Scroll Up