21 abril, 2024

Últimas:

Justiça solta motorista embriagada que atingiu e matou motociclista em rodovia no interior de SP

Anúncios

A Justiça soltou, nesta terça-feira (8), a motorista da caminhonete que atingiu e matou um motociclista de 24 anos em Guareí, no interior de São Paulo. Segundo a Polícia Civil, a mulher foi presa em flagrante porque estava embriagada.

O acidente ocorreu no quilômetro 29 da Rodovia Aristides de Costa Barros (SP-157), por volta das 3h de segunda-feira (7). Segundo a Polícia Militar, a moto e uma caminhonete bateram de frente, e o motociclista foi lançado para o acostamento.

Anúncios

Maquissuel Martins Medeiros, de 24 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O tratorista, que era conhecido por ser campeão em torneios de montaria, foi enterrado na manhã desta terça (8) em Guareí.

Acidente ocorreu no quilômetro 29 da Rodovia Aristides de Costa Barros, em Guareí — Foto: Arquivo Pessoal
Acidente ocorreu no quilômetro 29 da Rodovia Aristides de Costa Barros, em Guareí (Foto: Arquivo Pessoal)

Depois do acidente, a motorista da caminhonete passou pelo teste do bafômetro, que apontou 0,45 miligramas de álcool por litro de ar, indicando embriaguez.

Anúncios

A mulher foi presa em flagrante por homicídio culposo, qualificada pela embriaguez ao volante, mas foi solta durante audiência de custódia nesta terça-feira (8).

Segundo a Polícia Civil, o juiz determinou a soltura através de pagamento de fiança, no valor de R$ 2,5 mil, e suspendeu o direito dela de dirigir até o fim do processo. Foi concedido um prazo de 15 dias para o pagamento e, caso não seja feito, a mulher deverá voltar à cadeia.

Não prestou socorro

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi chamada ao local do acidente apenas três horas depois da batida e, quando chegou na rodovia, encontrou a vítima sem vida. O motociclista estava a cerca de 20 metros da caminhonete que o atingiu.

Jovem de 24 anos morre após ter moto atingida por motorista bêbeda em Guareí  — Foto: Arquivo Pessoal
Jovem de 24 anos morre após ter moto atingida por motorista embriagada em Guareí (Foto: Arquivo Pessoal)

Conforme a Polícia Civil, a motorista da caminhonete relatou que não viu a moto, nem a vítima, e pensou que havia batido em outro veículo, que teria saído do local. Por isso, ela acionou um guincho particular para a retirada da caminhonete dela da pista.

Ela disse ao delegado que também chegou a acionar a PM, mas a corporação alega que só foi acionada por volta das 6h30, depois que o guincho chegou no local.

Fonte: G1

Últimas

Aposta do Rio de Janeiro leva prêmio de R$ 102,1 milhões da Mega-Sena

20/04/2024

Anúncios Uma aposta do Rio de Janeiro (RJ) acertou as seis dezenas do concurso 2.715 da...

Categorias