Justiça Federal determina instalação de hospital de campanha das Forças Armadas em Bauru

A Justiça Federal determinou que o Governo Federal instale um hospital de campanha das Forças Armadas em Bauru (SP). O objetivo é diminuir a demanda por leitos de UTI para pacientes com Covid-19 em toda a área abrangida pelo Departamento Regional de Saúde (DRS-6). A União pode recorrer da decisão.

A decisão é uma resposta da Justiça a uma ação popular movida pelos vereadores Coronel Meira e Eduardo Borgo, ambos do PSL. Na ação, movida no mês passado, os vereadores argumentam que entre março e junho de 2021, 100 pacientes morreram à espera de leitos para Covid, em Bauru, e que desde o início do ano, a ocupação de UTIs supera a marca de 100%.

Segundo o documento, no dia em que a ação foi encaminhada para Justiça, em 20 de junho, a taxa de ocupação de leitos de UTI era de 113%.

Uma audiência de conciliação foi feita entre os envolvidos no começo deste mês, mas sem sucesso. Por isso, na decisão, o juiz federal Marcelo Zandavali reconheceu o quadro de emergência na saúde em Bauru.

Segundo a decisão, o hospital deve ter capacidade para reduzir a demanda por leitos de UTI, na região atendida pelo DRS-6, ao percentual de ocupação inferior a 80%.

A decisão deve ser cumprida com a máxima urgência, e o Governo Federal deve apresentar, em 48 horas, estimativa de prazo para o início do atendimento aos pacientes.

A prefeitura de Bauru disse que já se posicionou de maneira favorável à instalação de um hospital de campanha das Forças Armadas nos autos do processo. O município acompanha de perto o processo e se colocou à disposição para colaborar no que for necessário.

A reportagem também entrou em contato com a União, por meio do Ministério da Defesa, mas não obteve retorno até a publicação da matéria.

Fonte: G1 – Foto: Divulgação/Ministério da Defesa

Scroll Up