Juiz federal nega pedido de Trump para descartar milhões de votos depositados pelo correio

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Um juiz federal negou neste sábado (21) um pedido da campanha do presidente Donald Trump para invalidar milhões de votos na Pensilvânia que chegaram por correio.

Com 20 votos em jogo no Colégio Eleitoral, o estado era um dos mais essenciais nas eleições de novembro e foi vencido pelo democrata Joe Biden, eleito o novo presidente dos Estados Unidos.

Na avaliação do juiz Matthew Brann, a solicitação trumpista era composta de “argumentos legais fracos sem mérito e acusações especulativas”.

O magistrado disse, ainda, que “não tem autoridade para tirar o direito ao voto de nenhuma pessoa ou de milhões de cidadãos”.

A Pensilvânia deu vitória a Biden com 50,02% dos votos contra 48,83 de Trump. Em 2016, o republicano venceu nesse estado de forma surpreendente ao abordar principalmente a falta de empregos na região do cinturão industrial americano. Neste ano, porém, a alta rejeição ao presidente, sobretudo nos centros urbanos, fez o jogo virar a favor do democrata.

Derrotas de Trump

Trump vai jogar golfe durante cúpula virtual do G20. Sterling, Virginia — Foto:  Tasos Katopodis/Getty Images/AFP
Trump vai jogar golfe durante cúpula virtual do G20. Sterling, Virginia (Fotos: Reprodução)

A decisão é mais uma derrota de Trump na tentativa de reverter o resultado eleitoral. O republicano não admite que perdeu a votação para Biden, e alega fraudes, sem apresentar provas. O atual presidente já saiu judicialmente derrotado em outros estados, como Nevada, Arizona, Wisconsin, Geórgia e Michigan.

Na Geórgia, inclusive, a recontagem de votos confirmou que Biden venceu, ainda que por uma pequena margem. E em Michigan, legisladores republicanos disseram que toda denúncia deve ser investigada, mas reconheceram não ter nenhuma informação de algo que possa reverter a derrota de Trump nas urnas.

O placar no Colégio Eleitoral, pelas projeções da Associated Press, ficou assim: Joe Biden terá 306 votos contra 232 de Donald Trump.

Diante da derrota, o presidente americano tem evitado aparições e discursos em público. Neste sábado, em plena reunião do G20, ele foi visto jogando golfe em um campo na Virgínia.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes